Tags: Obrigações | Ações |

Zon e Sonaecom brilham na última sessão da semana


 

Entre as principais congéneres da bolsa portuguesa, a de Londres foi a única a contrariar a tendência e a fechar em baixa ligeira, enquanto a praça de Madrid valorizou 2,6%, após o Financial Times ter noticiado que Espanha está em conversações com a Comissão Europeia sobre um programa de ajuda financeira para o país.

Na Euronext Lisbon, o índice de referência subiu 1,69% para 5.428,35 euros, com 17 títulos positivos, sendo que o BCP foi a excepção, registando uma queda de 3,23% para 0,06 euros. Ainda no sector financeiro, o BPI subiu 1,34% para 0,83 euros, o BES avançou 5,1% para 0,66 euros e o ESFG progrediu 2,75% para 5,6 euros.

O grande destaque da sessão vai para Zon Multimédia e Sonaecom, que terminaram o dia a valorizar 9,16% e 7,28%, respectivamente, para 2,384 euros e 1,4 euros, com o regresso da expectativa sobre uma combinação das duas empresas. Isto depois de o CEO da Optimus, Miguel Almeida, ter afirmado à Reuters que “uma fusão entre a Sonaecom e a Zon faz sentido”.  Ainda na área de TMT, a Portugal Telecom terminou o dia com uma subida de 1,08% para 4,023 euros.

Entre os títulos do sector energético, a EDP somou 0,86% para 2,237 euros, a Renováveis avançou 2,97% para 3,71 euros, mantendo a tendência positiva, a REN progrediu 0,75% para 2,016 euros e a Galp Energia subiu 0,62% para 13,01 euros.

Destaque ainda nesta sessão para a Jerónimo Martins, que continua a acumular ganhos e encerrou com uma valorização de 1,95% para 13,36 euros, contribuindo para o ganho de quase 2% do PSI 20 a fechar a semana.