Tags: Negócio |

Fusão da Santander AM e da Pioneer Investments: fim das negociações


O Unicredit anunciou que o acordo alcançado com o Banco Santander e a Sherbrooke Acquisition Corp SPC, relativamente à fusão entre as entidades gestoras Santander AM e Pioneer Investments, não chegou a bom porto. Esse acordo tinha sido alcançado no passado dia 11 de novembro. As partes levaram a cabo um debate profundo para identificar soluções viáveis para cumprir com todos os requisitos regulatórios necessários para completar a transação. No entanto, na ausência de uma solução viável dentro de um período razoável de tempo, as partes chegaram à conclusão de que é apropriado não continuar com as negociações.

Depois do banco italiano anunciar, em princípios de julho, uma revisão estratégica para o grupo, cujos resultados serão comunicados ao mercado antes do final de 2016, sabe-se agora que a entidade incluirá a Pioneer Investments nessa análise. Uma das opções contempladas seria a possibilidade de colocar o capital da entidade em bolsa. Segundo indicam, o objetivo seria assegurar os recursos adequados para que a Pioneer acelerasse o seu crescimento e continuasse a desenvolver soluções e os melhores produtos para oferecer aos seus clientes e sócios.

Em reunião com os analistas celebrada esta manhã, o CEO do Banco Santander, José Antonio Álvarez, confirmava o cancelamento da transação. Neste sentido, comentou: “Tentámos cumprir com as expectativas dos reguladores mas não fomos capazes da concretização. Finalmente a operação acabou por ser cancelada”. A partir de agora, os planos com a gestora passam por “desenvolver o Santander AM com os nossos sócios e tentar ter um negócio de gestão de ativos que sirva da melhor forma os nosso clientes”.

 

Empresas

Notícias relacionadas