Tags: Negócio |

Volume de ativos sob gestão da GNB Gestão de Ativos decresce 10% nos primeiros nove meses do ano


Os dados revelados pelo Grupo Novo Banco apontam para um resultado líquido negativo de 419,2 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano. Este valor representa um decréscimo de 8,9% comparativamente com o período homólogo.

No mesmo sentido terminou o produto bancário, cujo montante ascendeu a 601,9 milhões de euros no período em apreço – menos 9,9% que nos primeiros nove meses de 2016. O resultado operacional também registou um decréscimo face ao período homólogo (-4,6%), tendo-se fixado nos 207,6 milhões de euros.

As comissões de Gestão de Ativos e Bancasseguros registaram um aumento de 2,8%, passando de 45,4 milhões de euros para 46,6 milhões de euros.

Área de fundos de pensões cresce

O terceiro trimestre terminou com um património sob gestão de 10,7 mil milhões de euros por parte da GNB Gestão de Ativos, montante esse que representa uma redução de 10% face ao período homólogo. No relatório publicado, a entidade destaca que esta redução se verificou “maioritariamente nas áreas de fundos investimento mobiliário (no Luxemburgo) e de gestão de patrimónios”.

A área de fundos de pensões, por sua vez, apresentou um crescimento de 1% nos primeiros nove meses de 2017. Recorde-se que esta área tinha apresentado um crescimento de 7,4% no final do primeiro trimestre deste ano. 

O relatório completo pode ser consultado aqui

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido