Tags: Gestores |

Vasco Nuno Jesus (MCH Investment Strategies): “Vemo-nos como uma extensão das sociedades gestoras e agimos como um product specialist Independente”


Quais as vantagens que as gestoras internacionais que vocês representam veem neste tipo de serviço?

A principal vantagem diria que é uma simples questão de geografia ou seja nós estamos na região, conhecemos o mercado local e grande maioria dos seus intervenientes e isso é uma enorme vantagem. Outra vantagem que as gestoras internacionais vêm neste tipo de serviço prende-se com a questão dos custos. É bastante mais eficiente para uma Sociedade Gestora o modelo de acordo com uma empresa como a MCH Investment Strategies do que ter pessoas por exemplo em Londres e que vêm a Portugal algumas vezes por ano. Outra questão relacionada com esta é a própria gestão de pessoas que num acordo deste género deixa de ser necessária pois a autonomia e a responsabilidade com ética são pontos principais da nossa organização.

No caso específico da MCH Investment Strategies há outras vantagens como por exemplo nós não termos nem queremos ter sobreposições ou seja nós só temos uma Sociedade Gestora que gere Ações Europeias e só representamos os seus Fundos de Ações Europeias e portanto a Sociedade Gestora em causa sabe que a relação é à priori uma relação que se quer duradoura e de confiança mútua. A MCH Investment Strategies quando chega a um acordo de distribuição é um pouco como um casamento, é muito mais a pensar num modo de Maratona e não num modo sprint.

Devido a este modelo de só escolhermos especialistas e de não termos sobreposições conseguimos com maior facilidade atrair o talento em cada classe de ativos especifica e os nossos parceiros têm a certeza que não terão estratégias parecidas a competir na nossa panóplia de oferta!

Nós, na MCH investment Strategies vemo-nos como uma extensão das Sociedades Gestoras e agimos como um Product Specialist Independente, selecionando e representando um número limitado de Sociedades Gestoras de elevada qualidade o que resulta num entendimento profundo das várias decisões de investimento que os gestores vão tendo ao longo do tempo.

O que é que vocês oferecem que pode facilitar o sucesso do negócio de comercialização destas entidades em Portugal?

Principalmente e como já foi escrito anteriormente o que oferecemos é o conhecimento do mercado local e de muitos dos seus investidores. Além disso e como o chamado acumular de conhecimento (knowledge compounding) é muito importante cada vez mais sabemos muito rapidamente que tipo de cliente poderá ter interesse em determinado tipo de produto e conseguimos cada vez mais, dar um serviço que se quer cada vez mais personalizado.

Outra questão importante e mencionada igualmente na questão anterior prende-se com os custos, mas agora numa outra variante, nomeadamente uma Sociedade Gestora só nos paga digamos assim se nós colocarmos o seu produto logo não há custos fixos à partida e é tudo num modelo 100% variável o que para uma Sociedade Gestora é bastante mais atraente.

Last but not least o facto de agirmos como um Product Specialist Independente e não somente como um introductor dos estratégias dos nossos parceiros facilita bastante o sucesso do negócio de comercialização.

(Leia na edição nº 26 da revista Funds People Portugal, já em distribuição, o artigo “A rota das entidades gestoras para desembarcar em Portugal”, onde a MCH Investment Strategies dá o seu contributo sobre o assunto)

 

Empresas

Notícias relacionadas