Tags: Negócio |

Valor sob gestão dos fundos mobiliários nacionais decresceu 1% em novembro


No final do mês de novembro, o valor sob gestão nos fundos mobiliários nacionais ascendia a 10.848 milhões de euros, um valor mais baixo em 1% se compararmos com o mês anterior, segundo os dados publicados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios - APFIPP. Se alargarmos o período de análise, verificamos que o decréscimo situa-se em 9,1%, quando comparado com o final do ano passado, e em 7,3%, se o período comparável for o mês homólogo. Isto é, no espaço de doze meses o mercado encolheu cerca de 900 milhões de euros.

Fundos do mercado monetário em perda

Há uma categoria que puxou, ao longo dos onze meses de 2016, o valor agregado sob gestão para baixo. Trata-se dos fundos do mercado monetário que viram o seu valor decrescer, desde final do ano passado, cerca de 500 milhões de euros. Em termos percentuais, o montante caiu mais de 28% para um total superior a 1.272 milhões de euros. A categoria é composta por três produtos, sendo que dois deles ostentam o selo de Blockbuster, segundo os critérios da Funds People.

Do lado oposto, o segmento que mais cresceu, em termos monetários, foi aquele que junta os fundos de Curto Prazo. De acordo com a Associação, este segmento já cresceu quase 350 milhões de euros em 2016, para um total superior a 1.272 milhões de euros. Aqui o maior destaque vai para o fundo BPI Liquidez, da BPI Gestão de Activos. Trata-se, também, de um fundo Blockbuster e que lidera as captações líquidas do mercado nacional em 2016.

Ativos sob gestão a descer

Tal como foi referido, desde dezembro passado o montante já decresceu mais de 9%. No entanto, o valor no mês de novembro não foi o mais baixo do ano. Esse "título" de valor mais reduzido foi entregue ao mês de junho, quando o montante atingiu 10.788 milhões de euros, o que representou uma descida de 9,63% face ao final do ano passado. Esta mesma data mostra-nos o valor do decréscimo no primeiro semestre. Já o segundo semestre está a revelar-se mais positivo, já que nos cinco meses já percorridos, o montante cresceu 0,55%.

Evolução dos ativos sob gestão

Ativos_sob_gestao_FIM_Nov16_ytd

Fonte: APFIPP. Valores em milhões de euros.

Empresas

O Mais Lido