Valor sob gestão dos fundos imobiliários nacionais termina agosto em crescendo


O oitavo mês do ano terminou com uma subida do valor sob gestão dos fundos imobiliários nacionais, depois de em julho a evolução ter sido negativa. Segundo os dados revelados pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, o valor sob gestão dos fundos de investimento imobiliário, dos fundos especiais de investimento imobiliário e dos fundos de gestão de património imobiliário cresceu 31,2 milhões de euros (0,29%), tendo-se fixado nos 10.890,5 milhões de euros. O aumento mais significativo verificou-se no contexto dos fundos especiais de investimento imobiliário, segmento no qual o valor sob gestão subiu 2,3% para 2.176,4 milhões de euros.

Captura_de_ecra__2018-09-18__a_s_11

Fonte: CMVM, agosto de 2018

Quanto ao montante investido em cada segmento, enquanto que este decresceu nos segmentos de fundos de investimento imobiliário e fundos de gestão de património imobiliário – 0,2% em cada um deles –, no segmento de fundos especiais de investimento imobiliário, por outro lado, o montante investido cresceu 1,9%.

Captura_de_ecra__2018-09-18__a_s_11

Fonte: CMVM, agosto de 2018

Já o destino de investimento permanece inalterado, com os países da União Europeia a representarem a totalidade do investimento feito em ativos imobiliários. O sector dos serviços representa 43,7% da carteira dos fundos de investimento imobiliário e fundos especiais de investimento imobiliário. Do lado dos fundos de gestão de património imobiliário, o sector do comércio é o mais preponderante, representando 44,4% do total de investimentos realizados.

Ordenação das gestoras nacionais sem alterações

Quanto ao ranking por quota de mercado das gestoras de fundos imobiliários nacionais, o trio da frente terminou sem alterações de relevo, mantendo-se a Interfundos no primeiro posto, seguida pela Norfin e pela unidade de fundos imobiliários do GNB, a GNB SGFII. Esta última foi, por outro lado, a única entre as três primeiras a registar uma variação mensal positiva da sua quota de mercado.  

Captura_de_ecra__2018-09-18__a_s_11

Fonte: CMVM, agosto de 2018

Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente