Valor sob gestão dos fundos estrangeiros sobe para 659 milhões de euros


O valor sob gestão de organismos de investimento colectivo em valores mobiliários (OICVM), comercializados por entidades registadas na CMVM, atingiu 658,6 milhões de euros no terceiro trimestre de 2012, de acordo com a mais recente estatística da gestão de activos, divulgada pela entidade de supervisão.

Este valor representa um crescimento de 3,9% face ao montante de 634,1 milhões verificado nos três meses anteriores e de 9,6% comparativamente com igual período de 2011. Desde início do ano, o aumento é ainda mais acentuado, atingindo 17,8%.

Quanto ao número de organismos de investimento colectivo estrangeiros comercializados em Portugal, o número manteve-se igual ao período entre Março e Junho, 70, mas é inferior em oito ao verificado em Setembro de 2011. Já o número de entidades comercializadoras  desses OICVM era de 11, no final do terceiro trimestre, o mesmo número que no período homólogo, mas menos uma que em Junho.

O Banco Best é a entidade comercializadora com maior número de OICVM estrangeiros (57) e, igualmente, a que tem maior quota de mercado, 33,7% (correspondente a 222 milhões de sob gestão). Segue-se o ActivoBank, tanto em número de organismos de investimento colectivo (31), como em quota de mercado (14% / 91,9 milhões de euros sob gestão). O BiG comercializava 18 OICVM estrangeiros no final do terceiro trimestre de 2012, tendo uma quota de mercado de 8,6% (correspondente a um valor de 56,5 milhões de euros).

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido