Tags: Negócio |

Valor sob gestão de FIM da Caixagest desce 2% no primeiro semestre


De acordo com o relatório e contas do primeiro semestre, no final de Junho de 2012 a Caixagest administrava 48 fundos com um valor total de 2.791 milhões de euros, o que compara com 2.848 milhões (50 fundos), no mesmo mês do ano passado, "acompanhando a tendência do mercado". Na generalidade, "o sector da gestão de activos, e em particular a componente de acções, foi afectado pelo enquadramento económico adverso", refere a CGD no documento.

Por categorias de fundos mobiliários, os de Tesouraria foram os únicos a registar um crescimento homólogo nos activos sob gestão, de 6,7%, passando para 721 milhões de euros, de 534 milhões em Junho de 2011.

Quanto aos restantes, os fundos de capital protegido foram aqueles onde a queda foi maior, ainda assim de 2,94%, para 1,02 mil milhões de euros, sendo também os que têm maior montante sob gestão entre as seis categorias. Seguem-se os fundos de obrigações, com uma descida homóloga de 2,72% para 276 milhões e os de acções, com menos 2,04% para 169 milhões.

Nos fundos de fundos e mistos, os montantes sob gestão tiveram uma descida homóloga de 0,32% para 71 milhões de euros, enquanto nos fundos especiais de investimento a diminuição foi de 0,68% para 534 milhões.

Apesar da descida nos valores dos FIM, a quota de mercado aumentou para 25%, de 22% no final de Junho de 2011. "Para este crescimento da quota de mercado contribuíram positivamente as campanhas de colocação de fundos de curto prazo, em articulação com a rede comercial e de marketing da CGD, que resultaram numa captação superior a 200 milhões de euros, bem como a forte valorização dos fundos de capital protegido", refere a instituição, no relatório e contas.

As comissões geradas no primeiro semestre deste ano foram de 7,6 milhões de euros, menos 17,08% que no período homólogo, "em resultado da diminuição do valor dos fundos com maior taxa de comissionamento", de acordo com o mesmo documento.

Empresas

Notícias relacionadas