Tags: Obrigações | Ações |

Valor investido pelos fundos em acções nacionais sobe 5,3%


As estatísticas mensais dos FIM divulgadas pela CMVM mostram que, no final de Agosto, o valor investido era de 289,6 milhões de euros, o que representa um aumento de 5,3% face aos 275,1 milhões registado no mês anterior. Só nas dez acções mais representativas, o valor ascendia a 233,9 milhões (correspondendo a 80,8% do total), mais 9,6% que em Julho.

A contribuir para este aumento esteve a valorização conseguida pelo índice de referência da bolsa portuguesa no mesmo período, de 6,6%, resultado da subida nas cotações da quase totalidade dos 18 títulos (o PSI 20 só voltou a estar completo ontem).

Por títulos, analisando as 10 maiores posições, o montante investido pelos fundos mobiliários aumentou em todos, em variação mensal, mais de metade na casa dos dois dígitos.

O Espírito Santo Financial Group (ESFG) é aquele em que os FIM têm aplicado maior valor, 57,3 milhões de euros, o que corresponde a um aumento de 5,4% face a Julho; o BES ocupa o segundo lugar, com 46,2 milhões, mais 9,3% que no mês anterior; e a Zon Multimédia o terceiro, com 27,6 milhões, um aumento mensal de 9,2%. Seguem-se, nos restantes dez lugares, a Galp Energia (22 milhões), Portugal Telecom (16,5 milhões), Sonaecom (16,4 milhões), EDP Renováveis (16,0 milhões), Semapa (15,3 milhões), Portucel (8,5 milhões) e Jerónimo Martins (8,4 milhões de euros).

O Mais Lido