Valor gerido pelos fundos imobiliários sobe em Maio


O valor sob gestão dos fundos de investimento imobiliário totalizou 12,25 mil milhões de euros em Maio, o que representa um aumento de 0,8%, ou 98,1 milhões de euros, face a Abril, de acordo com os dados divulgados pela CMVM.

A contribuir para esta subida esteve sobretudo a evolução do montante gerido pelos fundos especiais de investimento imobiliário (FEII), que aumentou 3,3% para 2.851 milhões de euros. Nos fundos de gestão de património imobiliário houve um crescimento de 2,2% para 751,1 milhões de euros, enquanto nos fundos imobiliários harminizados o valor sob gestão teve uma queda face a Abril de 0,1% para 8,65 mil milhões de euros.

No mês passado foram constituídos quatro fundos: três FEII, concretamente, o Lamego Premium, gerido pela ESAF; o Caixa Reabilita, gerido pela Fundger; e o Nexponor, gerido sob a forma societária pela Fund Box; e um fundo de investimento imobiliário fechado para arrendamento habitacional Cidades de Portugal, gerido pela Fundger. Em Maio foram também liquidados o Real Estate Fund (Orey Financial) e o Mastercapital (Interfundos).

No final do mês passado a Interfundos liderava com a maior quota de mercado em termos de fundos imobiliários harmonizados e especiais, com 13,2%, seguindo-se a Fundger (13,0%) e a Esaf (8,4%), de acordo com a estatística mensal divulgada pela CMVM. Todas as três gestoras ganharam quota de mercado face a Abril.

Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente