Tags: Negócio |

Valor aplicado em unidades de participação nacionais cresce


 

O valor aplicado em unidades de participação (UPs) nacionais pela gestão individual de activos aumentou no primeiro trimestre deste ano, quer face aos três meses anteriores quer ao mesmo período de 2012.

De acordo com a estatística trimestral da gestão de activos divulgada pela CMVM, o montante aplicado em UPs nacionais atingiu 2.687,3 milhões de euros, no final do primeiro trimestre deste ano, o que representa um crescimento de 12,6% face aos 2.385,9 milhões de euros verificados em Dezembro de 2012, e de 26,8% quando comparado com os 2.118,7 milhões de euros do período entre Janeiro e Março do ano passado.

Já nas UPs estrangeiras, o valor situou-se em 4,16 mil milhões de euros no primeiro trimestre, mais 0,8% que no final de 2012, mas correspondendo a um decréscimo de 8% relativamente ao período homólogo.

No total, o valor aplicado em unidades de participação e valores mobiliários cotados totalizou 40,75 mil milhões de euros, o que equivale a um crescimento trimestral de 3,8% e homólogo de 0,8%, mostram os dados da gestão individual de carteiras, divulgados pela CMVM.

Em Março, o montante sob gestão era de 58,14 mil milhões de euros, mais 0,7% face a Dezembro e mais 7,2% relativamente a igual período do ano passado, tendo o número de entidades a gerir carteiras por conta de outrem diminuído para 45 (eram 46 no final de 2012 e 47 em Março do mesmo ano).

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente

Próximos eventos