Tags: Negócio |

Uma introdução ao investimento sistemático - Uma abordagem baseada em regras (parte dois)


(TRIBUNA de Anthony Lawer, co-head da GAM Systematic. Comentário patrocinado pela GAM)

Embora muitos investidores ainda considerem o investimento sistemático um conceito de nicho, a mais conhecida de todas as estratégias sistemáticas "nasceu" em 1976, e tem sido extraordinariamente popular desde então. Segue um conjunto simples de regras. A primeira é classificar cada ação dos EUA para a sua capitalização de mercado. Em segundo lugar, as empresas do top 500 dessa lista são procuradas proporcionalmente de acordo com a sua respetiva capitalização de mercado. Em terceiro lugar, estes coeficientes continuam constantes por três meses, altura em que a carteira é reequilibrada de acordo com as alterações na respetiva capitalização de mercado (o que pode envolver reavaliar tudo e substituir certos componentes pelos que tiverem ascendido ao top 500).

Em termos técnicos, isto pode ser descrito como uma estratégia de ‘long momentum, com base na capitalização’ que efetivamente compra mais no sentido ascendente e vende mais no sentido descendente. Mas é referida mais simplesmente como um ‘S&P 500 index tracker’, uma abordagem de investimento que tem sido agora amplamente adotada numa série de mercados e classes de ativos, e utilizada por investidores ao longo do espetro.

Investimento baseado em regras

As estratégias sistemáticas são geralmente consideradas complicadas, mas, como demonstra o exemplo acima, não têm de ser. No fundo, basta pensar numa estratégia sistemática baseada em regras. As regras de investimento são simplesmente escritas e negociadas. Eis um exemplo de uma estratégia sistemática ‘alternativa’, com um conjunto simples de regras. Conhecida como estratégia seguidora de tendências, observa os mercados de futuros globais e trabalha com aqueles que estão a comercializar acima da média de movimento de 200 dias e com os que estão abaixo. Compra os primeiros e vende (‘shorts’) os últimos, escalando posições em termos de volatilidade. Esta é uma estratégia conduzida pelo momento, essencialmente comprando o que está em alta e vendendo o que está em baixa. Trata-se de um conceito não muito mais complexo do que um S&P 500 tracker (embora mais complexo na implementação e comercialização), e tem produzido historicamente fortes retornos ajustados ao risco com um ‘drawdown’ máximo mais baixo.

A um nível intuitivo, seguir o momento ou as tendências é mais racional do que seguir os índices, embora estes últimos sejam considerados um valor fundamental, enquanto o seguimento de tendências tem sido encarado como uma alternativa menos importante. Quando falamos sobre investimento sistemático, estamos a considerar tipicamente estratégias mais sofisticadas do que o simples exemplo do índice de avaliação da capitalização, mas não tão complexas para se tornarem opacas como uma ‘caixa negra’.

Transparência de regras e títulos

Os programas de trading sistemáticos podem ter sido considerados uma ‘caixa negra’ num passado distante, mas hoje em dia são tipicamente transparentes. Como já referimos, os programas sistemáticos são baseados em regras; como tal, a simples divulgação das regras que conduzem as negociações algorítmicas podem oferecer transparência em termos de metodologia, bem como total transparência ao nível do posicionamento.

Esta adesão a uma abordagem baseada em regras sem desvio contrasta com aquelas estratégias em que um humano está ao leme. Muitos gestores discricionários podem ter regras verbais claramente definidas que regem a forma como revelam gerir a sua estratégia, mas a natureza humana apresenta certos desvios comportamentais que, por vezes, os impedem de aderir estritamente a estas regras. Por exemplo, os gestores discricionários são conhecidos por ‘comprar histórias’ e ‘apaixonar-se por ações, pós-racionalizando os motivos para ser titular de um nome preferido: estas atitudes podem levá-los, por exemplo, a manter ou perder posições durante mais tempo do que é prudente.

Além disso, a psicologia comportamental sugere que os investidores discricionários falham muitas vezes em reconhecer os seus erros, mesmo posteriormente, não aprendendo com os mesmos. Como tal, pode dizer-se que o cérebro humano é a derradeira ‘caixa negra’ da opacidade. Em contrapartida, um conjunto de regras ou algoritmos nunca se apaixonará por uma ação, entrará em pânico ou terá tendência a distrações; irá simplesmente transacionar de acordo com as suas regras mandatadas, o que pode ser refinado e otimizado de acordo com resultados.

As estratégias sistemáticas podem constituir um investimento transparente e com boa relação qualidade/custo, com o potencial de melhorar as carteiras tradicionais, acrescentando uma fonte alternativa de diversificação com a gestão inabalável do risco e sem desvios humanos.

Informações legais importantes

As informações deste documento são dadas apenas para efeitos informativos e não se qualificam como um conselho de investimento. As opiniões e avaliações contidas neste documento podem mudar e refletir o ponto de vista da GAM no ambiente atual da economia. Não será aceite qualquer responsabilidade pela precisão e totalidade das informações. O desempenho passado não é indicador de desempenho atual ou futuro.

Informações importantes sobre Investimento Sistemático: As estratégias de investimento sistemático são especulativas e não são adequadas para todos os investidores, nem representam um programa de investimento completo. Muitos dos programas de investimento são especulativos e envolvem riscos substanciais. As estratégias de investimento sistemático incluem os riscos inerentes a um investimento em obrigações, o uso de alavancagem, vendas a curto prazo, opções, futuros, instrumentos derivados, investimentos em obrigações não-EUA e obrigações “junk”. Não pode haver garantias de que uma estratégia de investimento (hedging ou outra) vá ser bem sucedida ou que um gestor empregará essas estratégias em relação a toda ou qualquer parte de uma carteira. Os investidores podem perder a totalidade ou parte dos seus investimentos.

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido