Tags: Pensões |

Três fundos de pensões abertos têm património superior a 100 milhões


Nos 56 fundos de pensões abertos há três com um património superior a 100 milhões de euros, segundo dados de final de Dezembro de 2012, pertencentes a três entidades distintas.

O PPR 5 Estrelas, pertence à categoria de fundos PPR/E, é o fundo com maior montante sob gestão, 141,5 milhões de euros; gerido pela Futuro, sociedade que pertence ao grupo Montepio Geral, foi constituído em Novembro de 1989 e acumulava no início deste mês uma rendibilidade anualizada de 15,49% (o valor da unidade de participação estava em 22,3378 euros).

O fundo com o segundo maior montante sob gestão era o Aberto BPI Valorização, com 140,4 milhões de euros, no final do ano passado, pertencente à categoria de Outros fundos de pensões abertos; gerido pela BPI Vida e Pensões e criado em Junho de 1993 encontrava-se a 1 de Fevereiro com um retorno de 7,77% (valor da UP:  16,1023).

O terceiro fundo com mais de 100 milhões de património era, em Dezembro, o Aberto Espírito Santo Multireforma, com um volume de 118,2 milhões; gerido pela ESAF – FP, o fundo é de Agosto de 1993 e tinha uma rendibilidade anualizada a 12 meses de 8,60% no início deste mês (valor da UP: 10,7444 euros).

No total, em Dezembro de 2012, os fundos de pensões abertos tinham um total sob gestão de 1,25 mil milhões de euros, o que representa uma subida de cerca de 9,6% face ao valor de 1,14 mil milhões registado no mesmo mês de 2011, de acordo com o relatório trimestral divulgado pela APFIPP.

Notícias relacionadas

O Mais Lido