Transacções de ETFs na bolsa portuguesa caem 71% até Outubro


A transacção de ‘exchange traded funds’ (ETFs) na bolsa portuguesa está em queda e, tanto de Setembro para Outubro, como no acumulado dos primeiros 10 meses do anos, os dados sinalizam uma tendência decrescente, revela a mais recente estatística do mercado de capitais português divulgada pela CMVM.

Entre Janeiro e Outubro foram transaccionados no mercado secundário 26,4 milhões de euros em ETFs, o que representa uma descida de 71,2% face ao montante e 91,6 milhões de euros verificado no mesmo período do ano passado. De referir que, no total de 2011, foram negociados 107,1 milhões de euros nestes fundos, de acordo com os indicadores mensais do mercado de capitais a CMVM.

Em 2010, ano em que foram lançados os três ETFs que transacionam na bolsa portuguesa – dois pelo Commerzbank (em Setembro) e um pela ESAF (em Dezembro) -, o total negociado foi de 24 milhões de euros.

Analisando apenas o mês de Outubro, o valor situou-se em 1,7 milhões de euros, o que representa uma queda mensal de 7,4% e homóloga de 23%.

Em termos de capitalização, o segmento de ETFs apresentou uma melhoria, de acordo com os dados divulgados pela entidade de supervisão do mercado de capitais; no mês passado ascendia a 17,5 milhões de euros, o que corresponde a um aumento de 6,2% face a Setembro e de 3,3% desde o início do ano, registando-se uma descida de 7,4% comparativamente com os 18,9 milhões de euros verificados em Outubro de 2011m, mostra o mesmo documento.

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido