Tiphaine Dureau (Nordea AM): “O principal desafio é o facto de estarmos num ambiente de baixas yields”


Lisboa foi uma vez mais o palco de um dos pequenos-almoços para investidores promovidos pela Nordea AM. Além de Cristian Balteo, diretor de Vendas da gestora sueca, que apresentou o ponto de situação do cenário económico global, este evento contou com presença de Tiphaine Dureau, product specialist, que falou da gama de Covered Bonds da Nordea AM.

O pontapé de saída para o início de conversa foi uma pergunta de Tiphaine Dureau aos presentes. “Qual é o maior desafio que enfrentamos agora?”, questionou a profissional. Para Tiphaine Dureau, com tudo o que está a acontecer no mundo, o principal desafio é o facto de estarmos num ambiente de baixas yields, o que consequentemente nos leva à dificuldade em encontrar fontes de rendimento”. A profissional francesa conta que há uns anos podíamos ter pouco retorno, mas com esse retorno tínhamos segurança. “Atualmente, se quisermos segurança, temos de aceitar uma yield negativa? É complicado.”

Este é apenas um dos motivos que leva a profissional a colocar em destaque os covered bonds visto que, nas suas palavras, é um dos mais seguros segmentos de fixed income. O tamanho do mercado de covered bonds ascende aos 2.600 biliões de euros e, por exemplo, o de high yield europeu tem apenas 400 mil milhões. “O mercado de covered bonds não é assim tão pequeno quanto se possa pensar, esclarece.” É também um dos ativos mais seguros do mercado. “Nunca houve um incumprimento em covered bonds”, conta Tiphaine Dureau. A razão? “A dupla camada de segurança da classe de ativos. Por um lado, a elevada senioridade das covered bonds no balanço dos emitentes e, por outro, a sobre-colateralização que resulta de uma pool de ativos de elevada qualidade”. O resultado: retornos positivos com um reforço da segurança.

A gama de Covered Bonds da gestora é composta por três fundos: Nordea 1-European Covered Bond Fund, Nordea 1-Low Duration European Covered Bond Fund e o Nordea 1-European Covered Bond Opportunities Fund, todos geridos pela equipa dinamarquesa de fixed income e pela equipa de euro covered bonds.

O Nordea 1 - European Covered Bond, o maior dos três, ostenta o Selo Funds People 2019 pela sua classificação Blockbuster. O produto foi lançado em 2012 e, no fim de novembro, já tinha mais de cinco mil milhões de euros em ativos sob gestão. O Nordea 1 - European Covered Bond conta com um histórico de geração de alfa numa das classes de ativos mais seguras, consistentemente superando o seu benchmark, sem adição de risco face a este. Contudo, a especialidade da casa não se fica por esta estratégia e, consoante os objetivos dos investidores, a Nordea AM disponibiliza a mesma abordagem, mas com dois objetivos distintos: reduzir a sensibilidade às taxas de juro ou escalar as oportunidades de geração de alfa.

gra_fico_nordea

Fonte: Nordea Investment Funds S.A.

Como se encontra retorno num investimento muito seguro? Tiphaine Dureau explica que, na Nordea AM, identificam as covered bonds que estão mispriced no mercado. “Especializamo-nos em identificar oportunidades atrativas para uma solução em que a seleção de crédito tem sido o principal motivador do alfa. A equipa opera num mercado complexo e ineficiente, num campo em que investidores informados podem aproveitar oportunidades ao serem ativos fora do benchmark”, revela a product speacialist.

“Este fundo tem uma duração de 4/5 anos. Se olharmos para o que fizemos este ano, conseguimos uma performance muito boa. Gerámos alfa e era isso que queríamos fazer para os nossos investidores. Quantas vezes já viram uma equipa conseguir gerar alfa todos os anos desde a data de criação do fundo? Não há muitas equipas que o consigam fazer. Esta é uma das nossas especialidades”, explica a profissional.

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente

O Mais Lido