Tags: Estilo |

Tempo quente pede gelados


nannarella_Facebook
Facebook Nannarella

Nannarella
Se estiver na zona de São Bento ao fim de semana é fácil encontrar já que a fila costuma ser de vários metros. O espaço é pequenino, sendo que a opção dos muitos clientes da Nannarella é pedir e ir deliciar-se para o jardim atrás da Assembleia da República, mesmo ao fundo da rua. Além da qualidade dos gelados, a diversidade de sabores é um ponto diferenciador, com especialidades do dia e propostas pouco usuais como manjericão ou maça de Alcobaça com canela.

conchanata_facebook
Facebook Conchanata

Conchanata
Família e tradição são conceitos chave para definir esta gelataria em Alvalade. Foram o pai e o avô do atual proprietário que abriram a Conchanata e desde então o negócio passou de uma geração para a outra. Os gelados são produzidos artesanalmente e entrar no espaço é como viajar a décadas passadas, graças ao estilo retro de quem não parou no tempo, mas sim valoriza o passado. O pedido clássico é, claro está, a Conchanata, a taça que dá nome à casa e consiste em três bolas de gelado à escolha e uma quarta de nata, cobertas com calda de morango.

artisani_facebook
Facebook Artisani

Artisani
Gelado 100% natural e feito todos os dias. É a proposta da Artisani, que além de gelados cremosos e de vários sabores, tem também outras opções como o Praliné: uma fatia de gelado de nata com pedaços de amêndoa crocante e caramelo, regada com chocolate quente. Há vários espaços em Lisboa, sendo a loja da Av. Álvares Cabral, que liga o Rato à Estrela, uma das mais conhecidas.

Notícias relacionadas