Tags: Negócio |

Subscrições líquidas: novidades do mês de dezembro integram lista de fundos que mais captaram


Num mês em que o volume de ativos sob gestão por parte dos fundos de investimento mobiliário nacionais contraiu, tendo também encerrado com um saldo de subscrições líquidas negativo, 47 fundos nacionais foram capazes de encerrar o último mês do ano em terreno positivo no que diz respeito ao saldo entre subscrições e resgates. Por outro lado, destes, apenas 16 obtiveram um saldo na casa dos milhões de euros.

Olhando para o top 3 vemos três produtos capazes de superar a barreira dos 20 milhões de euros, sendo que um deles é uma das novidades que o mês de dezembro trouxe ao mercado. Aquele que mais captou, contudo, é um “velho conhecido” do panorama nacional, tendo obtido um saldo entre subscrições e resgates de cerca de 34,04 milhões de euros. Falamos do IMGA CA Monetário, produto que atualmente é gerido por Aitor Zubeldia e Duarte José, detendo um volume de ativos sob gestão superior a 129 milhões de euros.

O produto seguinte é, precisamente, uma das novidades da oferta da Caixagest. Chama-se Caixa Wealth Moderado e obteve um saldo entre subscrições e resgates de cerca de 32,32 milhões de euros no mês de dezembro. Segue-se um outro produto da responsabilidade da Caixagest, o Caixagest Ações Líderes Globais, que apresenta um saldo de subscrições líquidas de 25,30 milhões de euros.

Nota, ainda, para dois outros produtos capazes de registar um saldo de subscrições líquidas acima dos 10 milhões de euros, produtos esses que “acompanham” o Caixa Wealth Moderado na lista de novos fundos do mês de dezembro. Trata-se do Caixa Wealth Defensivo, que obteve um saldo de cerca de 19 milhões de euros, e do Santander Rendimento, cujo saldo entre subscrições e resgates se fixou nos 12,19 milhões de euros.  

Fundos nacionais com saldo de subscrições líquidas superior a um milhão de euros 

Captura_de_ecra__2019-01-23__a_s_16

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente