Tags: Negócio |

Subscrições líquidas: dois produtos da Caixagest superam os 100 milhões de euros em 2018


Num ano em que a incerteza foi uma das palavras de ordem, em determinados períodos do ano de 2018, os investidores parecem ter demonstrado alguma aversão ao risco, algo visível naqueles que foram sendo os fundos que melhor saldo entre subscrições e resgates obtiveram ao longo dos 12 meses do ano.

De facto, se analisarmos o saldo de subscrições líquidas do acumulado do ano dos fundos nacionais verificamos que a aposta em fundos que procuram equilibrar o risco entre várias classes de ativos (fundos multiativos) se manteve relativamente robusta. Ainda assim, e apesar da maior preponderância destes produtos na lista de veículos com melhor saldo entre subscrições e resgates em 2018, o produto que surge em destaque é um fundo de ações, cujo saldo superou os 180 milhões de euros.

Eis o trio que mais captou

Os três produtos que melhor saldo entre subscrições e resgates alcançaram - e os únicos a superar os 100 milhões de euros - pertencem todos à mesma entidade, a Caixagest, inserindo-se em categorias distintas: ações e multiativos.

O primeiro é o Caixagest Ações Líderes Globais, fundo que apresenta um saldo entre subscrições e resgates acumulado de 183,93 milhões de euros, surgindo como o produto que melhor saldo obteve em 2018. Segue-se o Caixagest Seleção Global Moderado, cujo saldo de subscrições líquidas em 2018 ascendeu a 125,56 milhões de euros

O terceiro produto com melhor saldo entre subscrições e resgates faz também parte da gama de multiativos da Caixagest, tendo obtido um saldo de 53,83 milhões de euros em 2018. Falamos do Caixagest Seleção Global Dinâmico, produto que atualmente gere um património de 120,62 milhões de euros. Nota, ainda, para o "irmão" mais defensivo da gama de multiativos da Caixagest, o Caixagest Seleção Global Defensivo, que obteve um saldo entre subscrições e resgates de 49,62 milhões de euros

Os fundos com saldo de subscrições líquidas acima de 10 milhões de euros em 2018

Captura_de_ecra__2019-01-31__a_s_10

Fonte: Morningstar Direct, dezembro de 2018

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas