Tags: Alternativos |

Square AM ultrapassa Norfin em quota de mercado


Mudanças no mercado de fundos imobiliários nacionais. É o que reporta a CMVM nos seus últimos indicadores mensais referentes aos fundos imobiliários, onde dá conta de um mês de agosto de decréscimo nos ativos sob gestão destes produtos.

O valor sob gestão do agregado dos fundos de investimento imobiliário (FII), dos fundos especiais de investimento imobiliário (FEII) e dos fundos de gestão de património imobiliário (FUNGEPI) atingiu 10.971,0 milhões de euros, menos 77,5 milhões (0,7%) do que em julho. Especificamente os fundos de investimento imobiliário viram o seu montante diminuir 0,6% para os 7.918,1 milhões de euros. Nos FEII, por seu turno, o valor recuou 0,06% para os 2.661,4 milhões de euros e nos FUNGEPI ​caiu 7,5% para os 391,4 milhões de euros.  

Captura_de_ecra__2019-09-24__a_s_11

Fonte: CMVM, final de agosto

Dança de cadeiras

Num mês de claro recuo no património destes produtos, uma importante mudança ocorreu na ordenação das entidades nacionais gestoras de fundos imobiliários. A ameaça de subida de posto - que já lhe vínhamos a dar conta desde junho – teve lugar agora: a Square AM ultrapassou a Norfin ao nível da quota de mercado, e é agora a segunda maior gestora de fundos imobiliários nacional, ocupando o posto de maior gestora de fundos nacional independente.

A gestora, com cinco fundos a seu cargo, apresenta atualmente uma quota de mercado de 10,4%, proveniente de um avanço mensal de 0,15 pontos percentuais face a julho. Compara, assim, com os 13,2% de quota de mercado da Interfundos, a entidade líder neste segmento. O terceiro posto é agora da Norfin AM, que em agosto apresentava uma quota de mercado de 10,1% e 13 fundos.

Captura_de_ecra__2019-09-24__a_s_11

Fonte: CMVM, final de agosto
Empresas

Notícias relacionadas