Tags: Estilo |

Sobreviver e encontrar um futuro na peça “Grande Dia da Batalha”


Jorge Silva Melo, autor e encenador da peça, inspirou-se em Albergue Nocturno, de Maxim Gorki para criar este espetáculo, que se inicia com a pergunta “como viver quando o abismo da precariedade, da miséria e da desgraça cada dia mais se abre debaixo dos nossos pés, neste agónico capitalismo em que nos afundamos?”. O “Grande dia da Batalha” aborda um mundo em rutura com a lei, a social e a moral, onde se encontram pessoas que não querem mais do que sobreviver e inventar um futuro, vivendo “uma batalha selvagem contra si próprios e os outros para se manterem homens. Ou até para fazerem surgir um homem novo”. A peça conta, em palco, com Vânia Rodrigues, Paula Mora, Rúben Gomes, Hugo Tourita, Figueira Cid, André Loubet, José Neves, Simon Frankel, Ricardo Aibéo, Inês Pereira, Gonçalo Carvalho, João Pedro Mamede, Pedro Baptista, Tiago Matias, Gonçalo Egito, João Estima, Diana Narciso, Rita Delgado, Miguel Galamba e Sara Inês Gigante.

O espetáculo está em cena até ao dia 25 de fevereiro no Teatro Nacional D. Maria II e o custo dos bilhetes varia entre os 5€ e os 17€.

Notícias relacionadas

O Mais Lido