Tags: Negócio |

Só três categorias de fundos tiveram subscrições líquidas positivas em Junho


Os FEI Monetário de Curto Prazo foram os que tiveram subscrições líquidas mais elevadas, 47,3 milhões de euros, sendo também os que acumulam maior saldo positivo desde início do ano e que, no final de Junho, superava a fasquia de 500 milhões de euros. Seguem-se os fundos de Acções Nacionais que conseguiram captar 600 mil euros no mês passado, mas que, desde início de 2012, têm um saldo negativo de 9,3 milhões de euros. A terceira categoria com subscrições líquidas positivas, num montante de 100 mil euros, foi a de fundos especiais de investimento, que, no entanto, no acumulado deste ano tem um saldo negativo de 7,7 milhões.

Além destas três categorias houve duas - fundos de obrigações taxa fixa internacionais e fundos de índices - que registaram saldo zero entre entradas e saídas de dinheiro; desde início de 2012 têm subscrições líquidas negativas de 2,3 e 0,1 milhões de euros, respectivamente.

Notícias relacionadas

O Mais Lido

Próximos eventos