Tags: Negócio |

SharingAlpha. Ou como aplicar o modelo do TripAdvisor ao mundo dos fundos de investimento


Está mais do que provado que, em geral, as pessoas acreditam mais nas opiniões de outras pessoas do que na informação comercial que possa ser proporcionada por uma empresa. Este é o racional de ferramentas conhecidas e úteis como o TripAdvisor, Trivago ou o Google Maps, que agregam as valorizações fornecidas voluntariamente por milhares de usuários e permitem classificar estabelecimentos segundo diferentes parâmetros.

Agora uma empresa israelita propôs-se a aplicar o mesmo princípio ao mundo dos fundos de investimento. A SharingAlpha distancia-se dos modelos tradicionais baseados na rentabilidade histórica para centrar-se em factores qualitativos que, segundo o relatório da Morningstar, permitem gerar rentabilidades consistentes a longo prazo.

Para isso, a SharingAlpha classifica os fundos de investimento a partir das valorizações qualitativas proporcionadas por consultores e selecionadores de fundos de todo o mundo. Esta metodologia permite, para além disso, contrastar as opiniões dos selecionadores com a evolução real dos fundos e estabelecer um ranking não só com os fundos melhor valorizados, mas também com os melhores selecionadores de fundos.

A ferramenta é gratuita e cobre 90.000 fundos domiciliados em 73 países.

Notícias relacionadas

O Mais Lido

Próximos eventos