Shantaram


Este é um livro especial, especial porque é o meu livro, o livro que mais gosto, o que já reli tantas vezes, mas em cada uma descubro passagens, palavras, sentimentos, sensações e, não menos importante, provas de vida.

Confesso, porque o tenho que fazer, que tenho evitado escrever, e desta forma apresentar, este livro, mas um dia tinha que ser, e o Jorge já tantas vezes pediu, e por isso, aqui vai.

Ter tido a sorte de ter conhecido este livro, está directamente relacionado com a nossa actividade, pois foi um gestor de um fundo, de uma casa Internacional com quem trabalhei, que mo apresentou.

O seu nome é Cédric, e foi em uma reunião com um investidor que perguntou ao Cédric, como sempre faz, que livro está a ler...que pergunta inteligente!!! E este respondeu que estava a ler um livro fantástico, nada relacionado com a nossa indústria, mas que era especial. A minha atenção e curiosidade explodiu, mais ainda quando olhei para a capa, que imediatamente, me chamou à atenção.

Este é um livro acerca da vida, do prazer e das adversidades, do amor e da forma como reagimos quando não temos retorno, de honra, mesmo quando somos cúmplices do crime, da amizade despida de interesse, de coragem, força, vontade e resiliência.

É a história de um evadido de uma prisão Australiana, que aterra em Mumbai, e que desde o momento que aterra até ao fim, as suas aventuras e desventuras, as suas amizades e inimizades, as suas actividades e pausas, os seus valores, intrínsecos, no combate com as voltas da vida, e tudo e tanto mais, são descritas, na primeira pessoa, de uma forma humilde, mas arrogante, honesta e inteira, profunda e sensível, e que nos apaixona desde o início.

Para mim o livro da minha vida, de um autor que sem qualquer tipo de instrucção literária, consegue transferir para as suas palavras toda uma vida de oportunidades únicas que apenas a Índia poderá ser capaz de transmitir...

O autor é uma pessoa especial, com quem já tive a hipótese de jantar, numa sua pausa entre cumprimento de penas!

É grande de tamanho / número de páginas, mas essencialmente grande de vida... Se vos custar passar das primeiras 70 páginas, é porque não é o livro para vocês e não devem insistir.

Notícias relacionadas

O Mais Lido