Tags: Gestores |

Sector não residente foi o que mais investiu em fundos nacionais no terceiro trimestre


O sector não residente foi aquele que mais investiu em fundos portugueses durante o terceiro trimestre de 2017, de acordo com as estatísticas do Banco de Portugal. Investiu 0,2 mil milhões de euros, com maior incidência sobre fundos imobiliários. Assim, no final do terceiro trimestre, os não residentes detinham cerca de 1,8 mil milhões de euros de unidades de participação de fundos de investimento portugueses.

No entanto, detendo cerca de 40% do total das unidades de participação em circulação no final de setembro, os particulares mantiveram-se como o principal sector investidor em fundos de investimento.

_

Fonte: Banco de Portugal, novembro de 2017

Ainda durante este período, o valor líquido global das unidades de participação em circulação dos fundos de investimento ascendeu a 26 mil milhões de euros, mais 0,5 mil milhões de euros do que no final de junho de 2017. No que respeita às aplicações, verificou-se um investimento em títulos emitidos por não residentes de 0,3 mil milhões de euros, compensado por um desinvestimento em títulos emitidos por residentes. Já as aplicações em depósitos aumentaram 0,2 mil milhões de euros.

_

Fonte: Banco de Portugal, novembro de 2017

Notícias relacionadas

Próximos eventos