Tags: Alternativos |

Segmento imobiliário cai mais uma vez


Mais um mês que passou...mais uma queda. Esta tem sido a sina nos fundos imobiliários nacionais, que continua a renovar mínimos no que diz respeito ao valor sob gestão. Segundo os dados da CMVM, publicados recentemente, no final de maio “o valor sob gestão dos fundos de investimento imobiliário (FII), dos fundos especiais de investimento imobiliário (FEII) e dos fundos de gestão de património imobiliário (FUNGEPI) situou-se em 10.874,9 milhões de euros, menos 62,4 milhões de euros (0,6%) do que em abril”.

Se dividirmos por categoria, então o “montante sob gestão desceu em todos os segmentos face ao mês anterior. Nos fundos de investimento imobiliário recuou 0,3% para 7.710,6 milhões de euros, nos fundos especiais de investimento imobiliário caiu 1,3% para 2.592,5 milhões de euros e nos FUNGEPI desceu 0,4% para 571,7 milhões”, segundo informa o regulador.

No mês passado, a CMVM destaca também uma “passagem de testemunho”. De acordo com o regulador “a gestão do “Fundo de Investimento Imobiliário Fechado Sete colinas” foi transferida da sociedade gestora Fundger para a sociedade gestora Silvip”.

Cinco maiores entidades representam quase 50% do mercado

Segundo a CMVM, são mais de três dezenas as entidades nacionais que gerem fundos de investimento imobiliário. Dessas, existem três que superam os 10% de quota de mercado. A maior entidade é a Interfundos que gere 40 produtos e que são representativos de mais de 13% do mercado nacional.

A Fundger e a Norfin são as duas outras entidades que apresentam uma quota de mercado superior a 10%. Com uma representatividade de 10,9% vem a Fundger com o seus 26 produtos; enquanto a Norfin se fixa nos 10% e tem sob sua alçada 14 produtos do segmento.

A Square Asset Management e ainda GNB Gestão de Ativos são as duas restantes entidades que completam o top 5 das maiores. A primeira com uma quota de 7,9% e com a responsabilidade de 5 fundos; e a segunda com 29 produtos em sua posse, que representam uma quota de mercado de 6,2%.

Estas cinco entidades gestoras representam quase 50% do segmento imobiliário português.

Quota de mercado das cinco maiores entidades nacionais

Maiores_entidades_Imob

Fonte: CMVM

Empresas

Notícias relacionadas

Próximos eventos