Tags: ETF |

Segmento acionista em destaque nos ETF mais negociados


O mês de abril não registou alterações na tendência que se tem vindo a observar no panorama dos ETF. Três profissionais do ActivoBank, Banco Best e BiG analisam o mês de abril relativamente à negociação de ETF em cada uma das entidades. Vejamos.

Do ActivoBank,  João Graça, destaca que nos ETFs mais negociados no mês de abril o destaque vai para o Lyxor Ibex 35, que conseguiu bater o DAX e o Gold Miners, ETF que “tem disputado a liderança no top de negociação desde o início do ano”, revela o profissional. Quanto aos sectores, a procura recaiu sobre os sectores imobiliário e tecnológico, “além do habitual sector de semicondutores, que há vários meses têm lugar cativo nos tops de negociação”, conclui.

O panorama do Banco Best revela uma clara preferência por ações europeias, uma vez que três ETF sobre o Euro Stoxx surgem este mês no top. Desta forma, na entidade o ETF mais negociado “foi o ETF da sociedade gestora iShares BlackRock – o iShares Euro Stoxx 50 UCITS ETF (Dist), que investe nas 50 maiores empresas da zona euro, com incidência nos sectores financeiros e industria”, revela Carlos Almeida, diretor de investimentos, à Funds People.

Por outro lado, no terceiro lugar dos ETF mais negociados está o iShares Stoxx Europe 600 UCITS ETF (DE), um ETF “que tenta acompanhar o mais possível a performance do índice Stoxx Europe 600” e que oferece uma exposição aos 600 títulos de países europeus desenvolvidos com maior capitalização de mercado, ressalva o profissional. O outro ETF com foco em ações europeias é o iShares Euro Stoxx Mid UCITS ETF Euro (Dist).

O mercado de ações japonesas mantém-se como um mercado de eleição, uma vez que o ETF iShares MSCI Japan EUR Hedged UCITS ETF EUR foi o segundo mais negociado no mês de abril. Este é um ETF “que permite o investimento diversificado focado 100% em empresas japonesas e sem risco cambial”, destaca o profissional. Por último, destaque para o sector energético que surge como o sector de exposição eleito para o quarto ETF mais negociado na entidade.

Por sua vez, Isabel Soares, gestora de produto do BiG, destaca que “o sentimento positivo transversal à generalidade dos mercados, impulsionou a procura dos investidores por risco”, algo que se revelou nos volumes significativos relativamente à negociação de ETF na entidade. O segmento acionista é o destaque do mês de abril, onde ETF como ComStage ETF PSI20, SPDR S&P 500 ETF ou Lyxor ETF DAX® surgem com volumes negociados de relevância.

A gestora de produto ressalva, ainda, que se registaram “fluxos significativos de ordens de compra e venda” em ETF sobre commodities, onde produtos como iShares Gold Trust, SPDR Gold Shares ou ETF WTI Crude Oil surgem como os destaques do mês de abril.

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido