Tags: Negócio |

Fundos mistos em destaque nas subscrições líquidas do mês de setembro


O nono mês do ano terminou de forma positiva no que diz respeito ao saldo de subscrições líquidas registado pelos fundos de investimento mobiliário. Tal como referimos, a Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Património dá conta de um saldo positivo de entradas e saídas de 147,1 milhões de euros.

Por outro lado, verificaram-se poucas alterações no panorama de fundos que mais captaram no mês de setembro. Desta feita, o fundo multiativo defensivo da responsabilidade da Santander Asset Management foi aquele que melhor saldo de subscrições líquidas registou – mais de 98,6 milhões de euros. Contudo, recorde-se que este produto incorporou, no mês de setembro, o fundo Santander Multiactivos 0-30. Logo a seguir surge o fundo que mais captou no mês de agosto. Trata-se do Caixagest Liquidez, cujo saldo de subscrições líquidas ascendeu a cerca de 67,1 milhões de euros no mês de setembro. O terceiro produto com captações líquidas acima dos 25 milhões  de euros é o produto poupança reforma da responsabilidade da BPI Gestão de Activos – cerca de 26,5 milhões de euros em subscrições líquidas no mês em questão.

Logo a seguir surgem dois produtos cujo saldo entre subscrições e resgates superou os 20 milhões de euros. Por ordem, temos então o IMGA Poupança PPR, com cerca de 20,5 milhões de euros em subscrições líquidas, e o Santander Select Defensivo, com pouco mais de 20 milhões de euros em subscrições líquidas.  

Nota, ainda, para os cinco fundos que ultrapassaram a barreira dos 10 milhões de euros em subscrições líquidas, completando a lista que abaixo apresentamos.

Captura_de_ecra__2017-10-25__a_s_12

Fonte: APFIPP, 30 de setembro

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido