Tags: Gestores |

Santander AM: "O controlo de risco, a performance, a liquidez e os recursos ao nível global do grupo Santander, são pilares da nossa metodologia de gestão"


Como é que o vosso método de gestão de carteiras se diferencia dos demais?

Acima de tudo, procuramos a consistência ao longo dos anos, na nossa metodologia de gestão e temos conseguido atingir esse objetivo. O controlo de risco e liquidez das carteiras geridas são 2 pilares primordiais e, apesar da quebra de yields nos últimos anos, não nos desviamos dessa matriz.

Os recursos globais ao dispor da equipa de gestão, também podem ser considerados como elemento diferenciador no mercado nacional.

- Como é que MiFID II se reflete no vosso trabalho e que mudanças implementaram por via da regulação?

A adequação da Diretiva ao serviço prestado pela SAM  foi realizado no decorrer de 2015. O corrente ano, como tal, não produziu alterações materiais no trabalho diário realizado na gestora.

(Na foto, da esquerda para a direita: Bernardo d'Oliveira, Duarte Nunes, André Braz, Nuno Henriques, Inês Fernandez, Joaquim Calça e Pina, Paulo Orlando Silva, António Ribeiro Filipe, João Cardoso)

Notícias relacionadas