Tags: Negócio |

Saldo de 659,9 milhões nos fundos mobiliários é o melhor desde 2009


Os fundos de investimento mobiliário (FIM) terminaram 2012 com subscrições líquidas de 659,9 milhões de euros, sendo este o melhor desempenho desde 2009, último ano em que este saldo tinha sido positivo (em 2,3 mil milhões de euros).

Para este resultado contribui significativamente o mês de Dezembro, que teve subscrições líquidas positivas de 253,9 milhões de euros, de acordo com o relatório estatístico mensal, da APFIPP, concluindo positivamente um ano durante o qual apenas em dois meses – Junho e Setembro -, o saldo entre entradas e saídas de dinheiro foi negativo.

O saldo de Dezembro, resultado de subscrições de 1.000,6 milhões de euros e de resgates de 746,7 milhões, foi também o mais elevado de 2012 e representa o terceiro mês consecutivo com valor superior a 100 milhões de euros.

No total do ano, as entradas de dinheiro ascenderam a 10.782,3 milhões de euros, maior montante desde 2009, quando foi de 11,88 mil milhões (em 2011 tinha sido de 4,7 mil milhões e em 2010 de 8,7 mil milhões).

Quanto aos resgates foram de 10.122,4 milhões de euros no ano passado, a subir face ao valor de 2011, que tinha sido de 7,3 milhões de euros.