Tags: Negócio |

RG Consulting apresenta-se ao mercado com uma nova perspetiva


Num contexto marcado pela entrada em vigor de MiFID II, Rita González fundou a RG Consulting (www.rgconsulting.pt), uma consultora financeira que presta apoio a empresas cotadas e índices bolsistas. Com uma vasta experiência no mercado financeiro, Rita González acredita que “o novo paradigma do mercado de capitais que investidores e empresas precisam de recorrer aos serviços oferecidos por empresas como a RG Consulting”.

“A entrada em vigor da nova diretiva europeia MiDIF II está a implicar uma grande mudança no funcionamento do mercado de capitais a nível mundial. A precificação separada do research e corporate access imposta, antes financiados através do “bolo” das comissões de trading, vem afetar todos os players do mercado de capitais: bancos de investimento/brokers, investidores e empresas”, recorda a profissional à Funds People  , explicando que é no “cerne desta mudança” que surge a consultora. 

Parceria com a Phoenix IR

A entidade, com liderança de Rita González, de forma a conseguir uma presença mais forte nos mercados internacionais, optou por estabelecer uma parceria com a empresa belga Phoenix-IR (www.phoenix-ir.com), que, desde 2005, “oferece este tipo de serviço a empresas americanas, que queriam ter acesso ao mercado europeu e não queriam recorrer a brokers para este efeito”. No rol de empresas com quem trabalha estão nomes como a IBM, General Electric, Edison ou a Fedex. No mercado ibérico, por seu turno, a RG Consulting presta já serviços a entidades como a EDP, REN, Navigator, BME, Iberdrola e Ferrovial.

Como já referido, a entrada da RG Consulting no mercado surge de um novo contexto que implica duas grandes mudanças estruturais, como assinala Rita González à Funds People. Por um lado, o  facto do research e corporate access terem de ser pagos leva “a uma redução da oferta total de research, afetando toda a indústria transversalmente, mas com maior incidência para as small e mid caps, as SMIDs”; por outro, “o aumento da relação/interação direta entre o buy-side e as empresas vai ter um grande impacto no workflow para as equipas de investor relations”.

Neste contexto de transformação, a RG Consulting oferece, entre outros serviços, roadshows e reverse roadshows, targeting, identificação acionista (Share-ID), perception studies, comunicação financeira, realização de conferências e investor days.

Destaque ainda, no âmbito da parceria com a Phoenix IR, a plataforma de comunicação Corporate Access Network – CAN (www.corporateaccessnetwork.com), uma espécie de “Linkedin” aplicado ao mercado de capitais, criada em 2013, a primeira do mercado.Sistema Phoenix IR

“A plataforma permite ao buy-side uma interação gratuita e centralizada com as empresas. Possibilitando ainda o acesso ao calendário global de non-deal roadshows que, neste momento, é o maior do mercado”.

O Mais Lido