Reunião do Eurogrupo concentra atenções esta semana


Nos primeiros dois dias da semana são publicados dados do mercado habitacional e sector da construção, nos Estados Unidos, sendo na terça-feira divulgados ainda os preços da produção na Alemanha (Outubro) e os resultados de empresas como Hewlett-Packard e HJ Heinz.

Mas o segundo dia da semana fica marcado por uma primeira reunião do Conselho Europeu, que volta a reunir no final da semana (quinta e sexta-feira), sendo esperada nomeadamente uma decisão sobre o apoio financeiro à Grécia.

O dia de quarta-feira é dominado por indicadores económicos dos Estados Unidos, estando agendada a divulgação dos novos pedidos de subsídio de desemprego, o indicador de confiança dos consumidores da Universidade de Michigan (Novembro), as reservas de petróleo e os indicadores avançados (Outubro). O Banco de Inglaterra divulga as minutas da última reunião e a Mota-Engil apresenta os resultados dos primeiros nove meses do ano.

Na quinta-feira é publicado o índice PMI para a Zona Euro, assim como a confiança dos consumidores na região, ambos referentes ao mês de Novembro. No último dia da semana a Alemanha divulga a evolução do PIB no terceiro trimestre, assim como o índice IFO de clima económico (Novembro).

O mercado norte-americano está encerrado quinta-feira devido ao feriado de Acção de Graças, encerrando às 18h na sexta-feira.

Em termos de leilões de dívida, França vai ao mercado na segunda-feira, seguindo-se, na terça, Espanha e o Fundo Europeu de Estabilização Financeira. Portugal coloca três emissões na quarta-feira, dia em que também a Alemanha vai ao mercado. Na quinta-feira há apenas um leilão, de obrigações emitidas por Espanha.

O Mais Lido