Retornos a três anos: as estratégias de alocação que fugiram à regra


Se o balanço nas rentabilidades a três anos dos fundos de investimento nacionais já era desfavorável para as classes de ativos das ações (76% dos fundos devolveram retornos negativos) e obrigações (75% dos fundos no vermelho), entre os fundos de alocação o cenário conseguiu ser ainda mais devastador. Com base em dados da Morningstar Direct a 31 de maio de 2020, dos 75 fundos de alocação considerados, somente 13 conseguiram devolver um retorno positivo a três anos. Ou seja, aproximadamente 80% das estratégias nacionais nesta classe estavam abaixo da linha de água no final de maio, no que à rentabilidade diz respeito.

Analisando a lista dos melhores performers na métrica em questão reparamos que a GNB Gestão de Ativos volta a estar em destaque. À semelhança do que já havia acontecido com a classe de ativos das obrigações, a casa gestora conta com a estratégia que devolveu os melhores níveis de retorno a três anos. Assim, em primeiro lugar temos o veterano NB PPR, fundo com Selo FundsPeople 2020 pela classificação de Consistente, que sob a gestão de Paulo Joaquim regista uma rentabilidade de 2,42% a três anos. Ainda dentro da casa dos 2% de retorno encontramos o Optimize Investimento Activo, da Optimize Investment Partners, e o exótico BPI Ásia Pacífico, fundo BPI Gestão de Activos.

Contudo, quando olhamos para a relação entre a rentabilidade conseguida e o risco assumido constatamos que não é entre os fundos cimeiros que se encontra o melhor valor de retorno por unidade de desvio-padrão. A mesma fica a pertencer ao Optimize Capital Reforma Moderado, que regista uma média de 0,29 pontos percentuais de retorno por unidade de risco. Ainda neste âmbito, o NB PPR volta a destacar-se com a segunda melhor relação risco-retorno, seguida do Invest AR PPR, estratégia da Invest Gestão de Activos, que conta também com Selo FundsPeople 2020 pela dupla classificação BC (Blockbuster e Consistente).

Ainda no conjunto é possível encontrar três estratégias da Caixa Gestão de Ativos, o Caixagest Seleção Global Dinâmico, o Caixagest Seleção Global Moderado e o sustentável Caixa Investimento Socialmente Responsável, sendo que estes dois últimos fundos são detentores do Selo FundsPeople 2020 pela classificação de Blockbuster. De notar ainda que a Popular Gestão de Activos - entretanto integrada na Santander AM - consegue ter quase toda a sua gama de produtos de investimento nesta lista, com a presença do Popular Global 25, 50 e 75.  

Name Selo FundsPeople 2020 Entidade Gestora Morningstar Category Rentabilidade a 3 anos (anualizada) Desvio-padrão a 3 anos Retorno por unidade de risco
NB PPR/OICVM C GNB Gestão de Activos Cautious Allocation 2.42 8.84 0.27
Optimize Investimento Activo   Optimize Investment Partners Flexible Allocation - Global 2.30 12.02 0.19
BPI Ásia Pacífico   BPI Gestão de Activos  Asia Allocation 2.27 12.31 0.18
Invest AR PPR  BC Invest Gestão de Activos  Cautious Allocation 1.92 8.02 0.24
Caixa Seleção Global Dinâmico   Caixa Gestão de Ativos  Moderate Allocation - Global 1.55 10.39 0.15
Optimize Cap Ref PPR/OICVM Moderado   Optimize Investment Partners  Moderate Allocation - Global 1.35 4.71 0.29
Popular Global 75    Popular Gestão de Activos  Aggressive Allocation - Global 1.12 12.92 0.09
Popular Global 50   Popular Gestão de Activos  Moderate Allocation - Global 1.01 8.83 0.11
Caixa Seleção Global Moderado  B Caixa Gestão de Ativos  Cautious Allocation - Global 0.86 6.83 0.13
BPI Universal    BPI Gestão de Activos  Moderate Allocation - Global 0.70 8.36 0.08
Optimize Cap Ref PPR/OICVM Ativo    Optimize Investment Partners  Moderate Allocation - Global 0.42 7.38 0.06
Popular Global 25    Popular Gestão de Activos  Cautious Allocation - Global 0.21 6.13 0.03
Caixa Inv Socialmente Resp  B Caixa Gestão de Ativos  Cautious Allocation 0.14 7.31 0.02
Fonte: Morningstar Direct, 31 maio 2020
Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente

O Mais Lido