Retorno total, real ou 'bond' são palavras dominantes na escolha por fundos estrangeiros


Rui Broega, director da gestão de activos do Banco BiG comenta que "os clientes balancearam mais os riscos das suas carteiras, privilegiando estratégias de investimento mais diversificadas, com bom 'track record', registando-se um movimento de “substituição” entre fundos de 'high yield' e algum 'equity' norte-americano". Nesta entidade, os três fundos mais subscritos, em Novembro, foram o Templeton Global Bond Fund USD, um fundo que investe em obrigações a nível global, o Invesco Balanced Risk Allocation Eur, um fundo de alocação flexível, de acordo com o afirmado por Rui Broega, e o BlackRock Global Corporate Bond, com uma estratégia semelhante ao primeiro, mas com preferência para o investimento em obrigações corporativas.

No Banco Best, o mês passado ficou em linha com os últimos meses sendo os fundos da categoria de obrigações os mais vendidos. De acordo com a direcção de investimento da entidade, "Novembro foi marcado pela procura de fundos de baixo risco e por estratégias de diversificação de moeda, o que poderá dever-se a uma maior necessidade de protecção de uma desvalorização do euro". O 'top ten' não apresenta grandes novidades, mantendo os fundos da PIMCO uma preponderância sobre os outros, nas mais diversas estratégias - 'global bond', 'total' e 'real return', 'investment grade' ou 'diversified income'. Nos três fundos mais subscritos voltam a estar dois fundos de obrigações da Nordea, diversificação através de divisas, uma vez que um dos fundos é denominado em coroas norueguesas e o outro em coroas escandinavas.

No Activo Bank, os fundos mais subscritos, em Novembro, apresentam diferenças, sendo que surgem três nomes novos de três categorias diferentes, o UBS (Lux) SF Balanced (Eur) N Acc, de alocação moderada, o Templeton Global Total Return, de obrigações globais e o BNY Mellon Brazil Equity Fund, um fundo que investe no mercado accionista brasileiro. Para além destes, dois fundos de obrigações geridos pela PIMCO, 'total return' e 'high yield', continuam a marcar presença. O fundo mais subscrito é de alocação defensiva gerido pela entidade suíça UBS. À semelhança do BiG, o último fundo mais subscrito é de dívida de países emergentes apesar de no Activo este ser da Skandia e no BiG ser da BNY Mellon. Assim sendo, o 'top ten' de fundos estrangeiros mais vendidos no Activo Bank contempla maioritariamente estratégias mais cautelosas e de investimento no mercado obrigaccionista, tendo apenas dois fundos de acções.

No BiG registou-se ainda, o "alargamento da oferta de fundos com a inclusão de novos compartimentos de Invesco e BNY Mellon, mas sobretudo com a inclusão da gama de fundo da Franklin Templeton", que, segundo Rui Broega, era há muito esperada pelos clientes. No 'top ten' encontram-se, comparativamente ao mês de Outubro, oito nomes novos, precisamente, das casas acima referidas, para além do conhecido BlackRock Global Allocation Fund USD e do Pioneer Funds Top European Players Eur. No BEST, o nome novo situa-se no âmbito de fundos de curto prazo, tesouraria, o Eurizon EasyFund Cash.

 

 

ACTIVO BANK

BANCO BEST

BANCO BiG

UBS(Lux) SF Yield (Eur) N Acc

 

 

Nordea-1 Norwegian Bond Fund E

 

Templeton Global Bond Fund USD

Pimco GIS Total Ret Bond Acc Eur Hed E

 

PIMCO GIS Global Bond E Acc EUR (Hdg)

 

Invesco Balanced Risk Allocation Eur

Pimco GIS High Yield Bond Acc Eur Hed E

 

 

 

Nordea-1 Swedish Bond Fund E

 

BlackRock Global Corporate Bond (Hg) Eur

MSS Euro Corporate Bond B

 

PIMCO GIS Total Return Bond E Acc EUR (Hdg)

 

Templeton Global Total Return Fund USD

BNY Mellon Global Real Return A

 

Eurizon EasyFund Cash EUR Acc

 

Pioneer Funds Top European Players Eur

UBS(Lux) SF Balanced (Eur) N Acc

 

PIMCO GIS Global Investment Grade Credit E Acc EUR (Hdg)

 

Invesco Funds - Euro Corporate Bond Fund Eur

Templeton Global Total Return Eur Hedged N

 

PIMCO GIS Diversified Income E EUR Hedged Acc

 

BlackRock Global Allocation Fund USD

BNY Mellon Brazil Equity Fund A

 

PIMCO GIS Global Real Return E Acc EUR (Hdg)

 

BNY Mellon Global Real Return Fund Eur

BNY Mellon Long-Term Global Equity A

 

Nordea-1 Norwegian Bond Fund E EUR

 

Invesco Global Structured Equity Fund Eur

Skandia Emerg.Mark.Debt Fund Euro Hgd A

 

UBS (Lux) Bond Fund - CAD P-acc

 

BNY Mellon Emerging Market Debt Fund USD

 

 

 

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

Próximos eventos