Tags: Negócio |

Rendibilidades de novembro: o fundos allocation em destaque


Tal como os fundos de fixed income, também os fundos allocation tiveram uma rendibilidade média, em novembro, próxima de zero. Esta é a conclusão retirada ao analisar os dados disponibilizados pela Morningstar, através da sua plataforma online, respeitantes ao mês passado.

Apesar da rendibilidade média rondar os 0%, alguns produtos conseguiram registar uma valorização que salta à vista. Com 2,32%, e na liderança do segmento no mês passado, vem o CA Alternativo. Sob alçada da Crédito Agrícola Gest e gerido por Fernando Nascimento, o fundo gere cerca de dois milhões de euros e tinha como principal investimento em carteira, um fundo da casa: o CA Monetário, que segundo os critérios Funds People é um fundo Blockbuster. Além desse investimento “em casa”, podemos encontrar alguns ETF em carteira, como o iShares Euro High Yield Corporate Bond, da iShares.

Logo depois vem o IMGA Prestige Valorização que é da responsabilidade da IM Gestão de Ativos. Em novembro registou ganhos de 1,45%. Com mais de 43 milhões de euros, investe em fundos de gestoras internacionais, com destaque para os produtos Wellington US Research Eq S $ Acc da Wellington Management - que é Consistente Funds People-,  o JPM Europe Equity C (acc) EUR, da J.P.Morgan AM e ainda o Threadneedle Eurp Sel ZNA EUR, da Columbia Threadneedle Investments.

A fechar o pódio vem um fundo da BPI Gestão de Activos: o BPI Selecção. No décimo-primeiro mês do ano atingiu ganhos de 1,10% e tinha um património sob gestão superior a 7,5 milhões de euros. Os maiores investimento em carteira são realizados em fundos da casa, como o BPI GIF Europa (Lux) I, o BPI GIF Alt Fund Iberian Eq L&S I e ainda o BPI América denominado em euros.

Restantes produtos allocation abaixo de 1%

Com ganhos mais próximos de 1% encontramos dois fundos: o Montepio Multi Gestão Dinâmica e ainda o NB PPR. O primeiro é gerido pela Montepio Gestão de Activos e registou uma evolução positiva de 0,94% no mês passado; enquanto o segundo é gerido por Paulo Joaquim da GNB Gestão de Ativos.

Fundos allocation em destaque no mês passado

Captura_de_ecra__2016-12-7__a_s_10

Fonte: Morningstar no final de novembro.

Empresas

O Mais Lido