Tags: Pensões |

Rendibilidade do fundo dos certificados de reforma sobe para 8,09%


A rendibilidade dos últimos 12 meses do fundo dos certificados de reforma aumentou para 8,09%, revela o folheto informativo de Outubro, do Instituto de Gestão de Fundos, face ao valor de Setembro, que se situou em 7,79%.

A contribuir para esta evolução esteve a melhoria do retorno da dívida OCDE Ex-DP Portuguesa (inclui o valor nocional dos futuros e valias potenciais dos ‘forwards’), que passou para 6,96% de 5,35% no mês passado.

Nas restantes categorias de activos que compõe a carteira do fundo dos certificados de reforma, também conhecidos como PPR do Estado, houve um decréscimo em termos mensais.
Na dívida pública (DP) portuguesa, o retorno dos últimos 12 meses recuou para 3,12%, de 3,53% em Setembro, enquanto nas acções (inclui o valor nocional dos futuros e valias potenciais dos ‘forwards’) passou para 27,98%, face aos anteriores 31,78%).

O valor da carteira do fundo dos certificados de reforma era, no início de Outubro, de 24,66 milhões de euros, acima dos 24,3 milhões verificados há  cerca de um mês.

Notícias relacionadas

O Mais Lido