Tags: Obrigações | Ações |

Rendibilidade do fundo dos certificados de reforma recua para 5,87%


A rendibilidade do fundo dos certificados de reforma, também conhecido por PPR do Estado, desceu para 5,87%, de 7,22% um mês antes, de acordo com o folheto informativo de Junho, divulgado pelo Instituto de Gestão de Fundos, da Segurança Social.

Na composição da carteira do fundo houve uma descida na rendibilidade a um ano em todas as categorias de activos. No caso da dívida OCDE ex-DP portuguesa, o retorno passou para 5,09%, de 6,42% no mês anterior.  

A rendibilidade a 12 meses das acções teve uma diminuição para 25,63%, quando em Maio tinha sido de 27,09%, e a da dívida pública (DP) portuguesa recuou ligeiramente para 3,07% após os 3,59% verificados um mês antes.

Na liquidez assistiu-se a um decréscimo significativo, tendo passado para 9,77 mil euros (peso de 0,04% no total da carteira), o que compara com os anteriores 302,4 mil euros (1,10%), mostra o referido documento.

Quanto ao valor de mercado da carteira do fundo dos certificados de reforma, este situou-se em 27,35 milhões de euros, o que representa uma descida face ao valor de Maio, que foi de 27,59 milhões, de acordo com o folheto informativo.

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente

O Mais Lido