RAM Active Investments: “O fundo beneficia de um processo robusto de criação e seleção de alfa”


A entidade gestora RAM Active Investments lança um novo produto neste mês de novembro, o RAM Diversified Alpha Fund (OICVM). Este produto insere-se na categoria de fundos UCITS, que, como noticiado pela FundsPeople ao longo dos últimos meses, são produtos que têm sido um sucesso na Europa e fora dela.

A gestora de ativos sediada em Genebra, atesta em comunicado a política e o objetivo que delinearam para o sucesso do fundo, sendo que este “visará implementar um processo de investimento sistemático robusto e estável para explorar a volatilidade e a dispersão dentro de uma alocação de ativos globais amplamente diversificados, com o intuito de proporcionar retornos assimétricos com uma baixa correlação com os mercados globais”.

Maxime Botti, sócio fundador & senior fund manager da RAM AI e que lidera a equipa macro sistemática formada por Philippe Huber e Tony Guida, explica em comunicado: “usámos uma metodologia semelhante à nossa estratégia de fundo de investimento alternativo, que tem por objetivo proporcionar retornos não correlacionados com as classes de ativos tradicionais a médio prazo”.

Os mercados financeiros alteram-se a uma velocidade estrondosa, e é preciso que os modelos desenhados para os produtos de investimento sigam essas mudanças e adaptam-se a essas alterações. A abordagem e a modelação da RAM AI, permite que este produto se adapte a essas alterações. Em comunicado, a entidade gestora esclarece que “a RAM AI faz a modelação das relações entre os ativos líquidos ao analisá-los em termos relativos e através de múltiplas dimensões”. “As capacidades computacionais expansivas e evolutivas da RAM AI permitem analisar de forma permanente uma grande quantidade de dados para identificar as estratégias mais rentáveis em prazos que vão do curto ao longo prazo”, refere a entidade.

A inovação tecnológica está cada vez mais presente nas carteiras de investimento e é um fator chave para o sucesso de um produto, da mesma forma, o RAM Diversified Alpha não escapa à regra.

Por fim, Philippe Huber que pertence à equipa macro do produto, conclui que “baseando-se em técnicas emprestadas das ciências naturais para resolver problemas multidimensionais, o uso de um algoritmo genético que replica a evolução permite que os nossos modelos selecionem os alphas mais aptos, tornando a estratégia global mais robusta”.

O fundo está disponível em formato OICVM a partir de 10 de novembro de 2020 para os investidores de França, Finlândia, Alemanha, Itália, Luxemburgo, Noruega, Portugal, Suécia, Suíça e Reino Unido.

Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente

O Mais Lido

Próximos eventos