Tags: Negócio |

Que fundos multiativos defensivos sobressaem em 2016?


No mercado nacional de fundos mobiliários, a Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – encontra uma dúzia de fundos multiativos defensivos. Para se enquadrarem neste segmento, a Associação considera todos os fundos que “investem ou podem investir em mais do que uma classe de activos, nomeadamente em acções e obrigações”, com a sua componente accionista a “não ultrapassar 35% da carteira, permitindo-se que seja igual a 0 em determinados momentos”.

Nesta dúzia de produtos, apenas cinco conseguiram ultrapassar a barreira de 1% no que diz respeito às rendibilidades apresentadas ao longo dos primeiros nove meses do ano. O produto que segue na frente é o Santander Private Defensivo, da Santander Asset Management, com uma rendibilidade de 2,46%. Este produto, no final de setembro, tinha um património superior a 110 milhões de euros, com cerca de 70% do total líquido da carteira a estar aplicado em ativos da classe de obrigações. No que diz respeito aos maiores investimentos em carteira, encontramos fundos geridos por casas internacionais como é o caso do M&G European Corporate Bond Euro da M&G Investments ou ainda o Henderson Horizon Euro Corporate Bond da Henderson Global Investors.

Da mesma entidade há mais um produto que supera os 2% de ganhos. Trata-se do Santander Select Defensivo, que no final de setembro geria um património superior a 200 milhões de euros. No final do mês de agosto, os maiores investimentos em carteira eram semelhantes ao do produto referido anteriormente.

Restantes abaixo de 2%

Os restantes produtos do segmento não atingem ganhos superiores a 2% desde do início do ano.  O produto que ficou mais próximo foi o Montepio Multi Gestão Prudente que faz parte do espólio da Montepio Gestão de Activos. Nos primeiros nove meses do ano registou ganhos de 1,74%, sendo seguido do fundo IMGA Prestige Conservador. Gerido por David Pinheiro da IM Gestão de Ativos, o fundo regista ganhos de 1,64% ao longo de 2016. O produto ostenta dois Selos Funds People: o de Consistente e ainda o de Blockbuster.

A lista é completa com o fundo Popular Global 25 que é gerido pela Popular Gestão de Activos, e no período em questão atinge ganhos de 1,23%.

Rendibilidades dos fundos

Multiativos_defensivos_YTD_set16

Fonte: APFIPP no final de setembro

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido