Tags: Gestores |

Que fundos conseguiram captar no mês de março?


O primeiro trimestre de 2016 colocou mais uma vez uma marca a vermelho no saldo de captações líquidas dos fundos mobiliários nacionais. No período, a indústria de fundos mobiliários assistiu a um resgate líquido de 326,2 milhões de euros, com o mês de março a dar um grande impulso para negativo este valor.

No terceiro mês do ano o saldo entre subscrições e resgates dos fundos mobiliários foi de cerca de -113 milhões de euros, segundo o que a APFIPP reporta no seu Relatório mensal referente a este segmento de negócio. No termino de março, os fundos mobiliários tinham portanto sob gestão 11.493,6 milhões de euros, menos 0,2% do que no mês anterior.

Saliente-se que no mês de março não foi lançado qualquer fundo mobiliário no mercado, tendo existido, em sentido contrário, 2 liquidações de fundos: o Santander Ibérico Premium e o Soccer Invest fund. Contas feitas, o universo de fundos mobiliários incluídos na publicação da APFIPP diminuiu para os 186 face aos 188 de final de fevereiro de 2016.

Apesar do resgate líquido no mês em análise, importa fazer referência a alguns dos fundos que conseguiram vingar em termos de captações. O maior destaque do mês vai para o IMGA Extra Tesouraria III, gerido pela IM Gestão de Ativos. O fundo Consistente Funds People, é gerido por Carlos Lages, e no mês em análise conseguiu arrecadar o montante de 41,2 milhões de euros de captações líquidas, voltando a ocupar o mesmo lugar de destaque de fevereiro. Segundo dados da Morningstar Direct de final de março, o fundo nos últimos cinco anos apresenta ganhos de 1,63%.

O segundo fundo a conseguir um lugar nesta análise foi o BPI Monetário Curto Prazo,  gerido pela BPI Gestão de Activos. O produto monetário de curto prazo assistiu no período a entradas de dinheiro de 11,09 milhões de euros.  Valor ligeiramente inferior foi alcançado por um outro produto da mesma casa. Falamos do BPI Liquidez, que em março alcançou captações líquidas de 7,1 milhões de euros.

O “reino” da Caixagest acontece nos lugares seguintes deste ranking. O Caixagest Ações Líderes Globais, o Caixagest Seleção Global Defensivo e o Caixagest Seleção Global Moderado conseguiram em conjunto entradas líquidas de mais de 11 milhões de euros.

Os 30 fundos mobiliários com maior volume de captações líquidas em março  

Captura_de_ecra__2016-04-20__a_s_16

Fonte: Relatório mensal da APFIPP, com dados de 30 de março
Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas