Tags: Negócio |

Quais os fundos mobiliários com captações líquidas superiores a 10 milhões de euros este ano?


O ano de 2016 tem sido muito complicado quando se analisa a questão das captações líquidas dos fundos de investimento mobiliários nacionais. De acordo com a Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – o saldo do ano (até agosto) é negativo na ordem dos 1.118 milhões de euros, com sete dos oito meses a apresentarem saldo negativo. A exceção foi mesmo o mês passado, onde as subscrições superaram os resgates em 14,5 milhões de euros.

Apesar de no cômpito geral os resultados serem negativos, existem exceções que se destacam por apresentarem um saldo entre subscrições e resgates superior a 10 milhões de euros. Nestas condições encontramos nove produtos geridos por seis entidades gestoras nacionais.

O fundo que mais se destaca nos primeiros oito meses do ano é o BPI Liquidez que é da responsabilidade da BPI Gestão de Activos. Trata-se de um fundo Blockbuster Funds People e é aquele que mais cresceu ao longo dos primeiros dois terços do ano. No total, o fundo regista captações líquidas superiores a 192 milhões de euros. O fundo gere quase 800 milhões de euros e tem como principal objetivo “proporcionar aos seus participantes o acesso a uma carteira de activos de curto prazo”, onde tem de deter “em permanência, entre 50% e 85% do seu valor líquido global investido em valores mobiliários, instrumentos do mercado monetário e em depósitos bancários com prazo de vencimento residual inferior a 12 meses, sendo que os depósitos bancários não excederão 50%” do total do valor líquido do fundo.

Restantes abaixo dos 50 milhões de euros

Os restantes oito produtos não conseguem tocar os 50 milhões de euros. O mais próximo é o NB Estratégia Ativa que atinge quase 42 milhões de euros em captações líquidas ao longo de 2016. Sob alçada de Paulo Joaquim da GNB Gestão de Ativos, o produto “recebeu” recentemente a incorporação de quatro fundos: o NB Estratégia Ativa II, o NB Plano Crescimento, o NB Plano Dinâmico e ainda o NB Plano Prudente. O produto gere mais de 53 milhões de euros, com a dívida pública nacional a ser o maior ativo em carteira.

Com mais de 39 milhões de euros vem um fundo gerido pela Caixagest. Trata-se do Caixagest Seleção Global Defensivo, que é um fundo multi-ativo defensivo. O fundo tem um património superior a 50 milhões de euros e no seu prospeto, o fundo deverá investirno mínimo 2/3 do seu valor líquido global em unidades de participação de fundos de investimento mobiliário abertos com diferentes graus de rendibilidade/risco”. O maior investimento em carteira é realizado no fundo AXA WF Euro Credit Short Dur I-C EUR da AXA IM que se trata de um Blockbuster Funds People, sendo seguido do HSBC GIF Euro Credit Bond IC da HSBC Global AM.

Fundos com captações líquidas superiores a 10 milhões de euros em 2016

Captacoes_acumuladas_ago16

Fonte: APFIPP, no final de agosto de 2016.

Profissionais
Empresas