Tags: Obrigações | Ações |

Quadro sobre as expectativas de mercado em relação à evolução das taxas de juro durante os próximos anos


Tendo como referência os dados de consenso de mercado publicados pela Bloomberg, a J.P. Morgan AM elaborou uma tabela na qual reflete quais são as perspetivas dos investidores em relação às taxas objectivo oficiais dos bancos centrais para os próximos anos.

Desde que a crise financeira começou, em 2008/2009, os principais bancos centrais do mundo desenvolvido moveram-se, em termos gerais, na mesma direção, proporcionando dinheiro fácil através de várias formas. Em 2015 esta tendência vai provavelmente chegar ao fim, já que a Reserva Federal norte-americana e o Banco de Inglaterra vão endurecer a sua política, enquanto o BCE e o Banco do Japão continuam a oferecer uma maior liquidez.

Atualmente os economistas concordam que o primeiro aumento nas taxas oficiais norte-americanas acontecerá em meados de 2015, ou seja mais tarde do que era anteriormente previsto pelos investidores. O Banco de Inglaterra pode mesmo adiantar-se à Fed,  ainda que o seu governador, Mark Carney, já tenha deixado claro que quando as taxas começarem a subir, isso acontecerá de uma forma muito lenta e manter-se-ão em níveis inferiores aos do passado. Tendo como referência dados da Bloomberg, a J.P. Morgan Asset Management elaborou um quadro no qual reflete quais são as expectativas atuais de mercado relativamente à taxa objectivo oficial dos bancos centrais durante os próximos anos. 

 

Fonte: Bloomberg e J.P. Morgan AM 

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido

Próximos eventos