Tags: Ações |

PSI20 inicia 2019 em crescendo


Depois de quedas sucessivas nos últimos meses de 2018, com a chegada do mês de janeiro, o PSI20 parece ter ganho um novo ânimo. De acordo com o revelado pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, o principal índice acionista português encerrou o primeiro mês do ano nos 5.129,02 milhões de euros, mais 8,4% que no mês de dezembro. Não obstante, este valor representa um decréscimo de 9,4% quando comparado com o período homólogo. Quanto à volatilidade, depois de ter ultrapassado os 17% no mês de dezembro, esta terminou janeiro nos 11,72%.

Captura_de_ecra__2019-02-04__a_s_11

Captura_de_ecra__2019-02-04__a_s_11

Fonte: CMVM, janeiro de 2019

A capitalização bolsista da Euronext Lisbon, por sua vez, ascendeu a 197.872,6 milhões de euros, montante que representa um aumento de 4.210 milhões de euros (2,2%) face a dezembro passado. Em comparação com o período homólogo, por outro lado, verifica-se uma queda de 34%. Tanto o segmento acionista como o segmento obrigacionista registaram um aumento no mês em questão, de 6,9% para os 57.828,7 milhões de euros e de 0,1% para os 136.946 milhões de euros, respetivamente.

Captura_de_ecra__2019-02-04__a_s_11

Fonte: CMVM, janeiro de 2019

Quanto ao valor das transações efetuadas no mercado secundário a contado, este totalizou 1.822,9 milhões de euros, mais 303,2 milhões de euros do que o registado em dezembro e menos 629,4 milhões de euros que em janeiro de 2018. Já o volume de transações na Euronext Lisbon fixou-se nos 1.786,3 milhões de euros, um aumento mensal de 21,5% e uma queda homóloga de 23,8%.

Captura_de_ecra__2019-02-04__a_s_11

Fonte: CMVM, janeiro de 2019

Do lado do MTS Portugal, o volume transacionado sobre títulos de dívida ascendeu a 17.507 milhões de euros, um aumento mensal de 106,1%, resultante de um crescimento de 158,7% nas transações sobre Obrigações do Tesouro e de 10,7% nas sobre Bilhetes do Tesouro.

Captura_de_ecra__2019-02-04__a_s_11

Fonte: CMVM, janeiro de 2019

Notícias relacionadas