Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 volta a recuperar em início de semana


Depois de uma semana atribulada, com a incerteza política a gerar alguma  ansiedade nos mercados, hoje o PSI 20 encerrou fora do vermelho, a subir 0,78% para os 5.406,180 pontos, registando a maior subida entre as congéneres europeias.

Também um fim de sessão positivo para o resto das praças europeias. Madrid fechou a subir 0,13%, Frankfurt valorizou 0,27%, enquanto Paris registou uma subida de 0,61%.

Das empresas cotadas, 2 mantiveram-se com a mesma cotação, 11 subiram e 7 fecharam a sessão a descer.

O sector bancário encerrou hoje a sessão com valores positivos, sendo mais uma vez o Banif o único a encerrar a sessão a cair. A acções do banco caíram 18% para os 0,041. O BES registou a maior valorização da praça portuguesa subindo 2,74% para os 0,600. Já o BPI subiu 1,03% para os 0,879.

Nas telecomunicações, também um fim de sessão bom para as empresas. A PT encerrou a subir 1,48% para os 2,750. A concorrente Zon tambeém encerrou a valorizar 0,19% para os 3,706, enquanto a Sonaecom registou uma subida de 1,34% para os 1,587.

No sector energético, um cenário não tão positivo, pelo menos para as duas empresas da EDP e para a REN que encerraram a desvalorizar. A maior descida do sector pertenceu à EDP renováveis que desceu 1,33 % para os 3,720, enquanto a EDP desvalorizou 0,25% para os 2,404.

A REN desceu 0,09% para os 2,169. A Galp foi a única empresa do sector que valorizou, subindo 0,92% para os 11,565.

As duas concorrentes Jerónimo Martins e Sonae SGPS encerraram ambas a sessão a valorizar. A primeira subiu 1,92% para os 15,950, enquanto a empresa de Belmiro de Azevedo subiu 1,43% para os 0,709. 

A construtora Mota-Engil valorizou também 0,89% para os 2,490.

O Mais Lido