PSI 20 valoriza com maioria das acções em alta


 

Entre as congéneres da bolsa portuguesa, as valorizações oscilaram entre 0,19% de Frankfurt e 1,17% de Madrid, com a confiança dos empresários alemães a subir mais que o esperado e o optimismo face ao desfecho quanto ao orçamento dos Estados Unidos para o próximo ano.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 subiu 0,76% para 5.731,08 pontos, com 15 títulos positivos e cinco negativos.

A banca voltou a estar entre os maiores ganhos, com BPI em alta de 3,82% para 0,951 euros, BCP a ganhar 2,6% para 0,079 euros, o BES a progredir 2,02% para 0,91 euros, enquanto o ESFG avançou 0,38% para 5,29 euros.

Entre as energéticas, a REN fechou em queda de 0,24% para 2,04 euros, contrariando a tendência das restantes, tendo a EDP subido 0,39% para 2,289 euros, a EDP Renováveis 1,9% pra 4,177 euros e a Galp Energia 0,89% para 11,855 euros, estando entre os títulos que mais contribuíram para a subida do índice.

Em alta fechou também a Jerónimo Martins, a valorizar 0,37% para 14,9 euros.

Na área de tecnologia e telecomunicações, Zon Multimédia e Sonaecom viveram uma sessão positiva, progredindo 0,98% e 0,51%, respectivamente, enquanto a Portugal Telecom terminou o dia com uma desvalorização de 0,03% para 3,854 euros.

As  maiores subidas do dia, na casa dos 4%, foram protagonizadas pela Mota-Engil (+4,79%) e pela Semapa (+4,18%).

O Mais Lido