Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 termina semana em queda ligeira


 

Entre as congéneres da bolsa portuguesa,  Frankfurt foi a excepção, ao valorizar 0,78%, enquanto Londres recuou 0,09%, Paris 0,33% e Madrid 0,49%, com o mercado pressionado pela quebra inesperada do consumo nos Estados Unidos, numa altura em que na maior economia do mundo se mantêm as negociações entre Democratas e Republicanos sobre o próximo orçamento.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 caiu 0,07% para 5.256,38 pontos, com seis títulos positivos, 13 negativos e um inalterado, o BCP, que encerrou a cotar a 0,07 euros. Ainda no sector financeiro, o BES desceu 2,04% para 0,767 euros e o Banif perdeu 0,78% para 0,128 euros, enquanto o BPI fechou em alta de 0,87% para 0,808 euros e o ESFG progrediu 0,47% para 5,32 euros.

O dia foi positivo para o sector energético, com EDP e EDP Renováveis a avançarem 0,83% e 0,4%, respectivamente, para 1,946 euros e 3,76 euros, e a Galp Energia a subir 0,34% para 11,79 euros, ajudando a travar uma maior descida do PSI 20, e a REN a somar 0,91% para 1,998 euros.

Na área de tecnologia e media, a Zon Multimédia encerrou a última sessão da semana com uma valorização de 0,57% para 2,635 euros e a Sonaecom com um ganho de 0,42% para 1,45 euros, tendo a Portugal Telecom, que ontem à noite apresentou resultados trimestrais, contrariado a tendência e perdido 1,33% para 3,572 euros, pressionando o índice em baixa.

Em terreno negativo fecharam ainda a Cofina, que continua a corrigir e desvalorizou 5,08% para 0,579 euros, e a Jerónimo Martins, que desceu 0,24% para 14,345 euros.