Tags: Negócio |

PSI-20 termina outubro com queda superior a 6%


Os últimos dois meses parecem não ter sido sorridentes para o principal índice acionista nacional, um pouco à semelhança do que se tem verificado com os seus pares europeus. De facto, segundo os dados da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, depois da queda superior a 1% em setembro, o PSI20 voltou a cair em outubro, desta feita com um decréscimo mensal de 6,1%. Este terminou, assim, nos 5.030,71 pontos, o que representa uma queda de 8,1% em comparação com o período homólogo.

Captura_de_ecra__2018-11-05__a_s_10

Fonte: CMVM

Já a volatilidade do índice voltou a subir, tendo terminado nos 14,37%, acima dos 10,46% fixados em setembro e dos 7,89% registados em igual período do ano passado.

Captura_de_ecra__2018-11-05__a_s_10

Fonte: CMVM

Volume transacionado sobre títulos de dívida cresce 55,4%

No que diz respeito ao valor das transações no mercado secundário a contado, este ascendeu a 1.945,5 milhões de euros – mais 244,1 milhões de euros do que em setembro e menos 444 milhões de euros do que em outubro de 2017. Já na Euronext Lisbon, o volume de transações registou uma subida mensal de 15,4%, tendo ascendido a 1.898,4 milhões de euros, valor que representa uma queda homóloga de 16,1%.

Captura_de_ecra__2018-11-05__a_s_11

Fonte: CMVM

No MTS Portugal, por sua vez, o volume transacionado sobre títulos de dívida fixou-se nos 13.158 milhões de euros, mais 55,4% em comparação com o mês passado. As transações sobre Obrigações do Tesouro aumentaram 38,5%, enquanto que as sobre Bilhetes do Tesouro subiram 79,9%.

Captura_de_ecra__2018-11-05__a_s_11

Fonte: CMVM

Por fim, a capitalização bolsista da Euronext Lisbon totalizou 197.875,2 milhões de euros, valor que representa uma queda de 79.974,8 milhões de euros (27,5%) face ao mês anterior e de 30,8% em comparação com o período homólogo. Do lado do segmento acionista a queda foi de 55,3% (tendo-se fixado nos 60.174,2 milhões de euros), justificada, segundo o revelado pela CMVM, “pela exclusão voluntária de negociação das ações do Banco Santander do mercado regulamentado da Euronext”. Já o segmento obrigacionista registou uma queda mensal de 0,4%, fixando-se nos 134.731,3 milhões de euros.

Notícias relacionadas

O Mais Lido