Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 sobe puxado por EDP e com Sonae em destaque


 

Entre as congéneres da bolsa portuguesa, as valorizações oscilaram entre 1,16% de Frankfurt e 1,77% de Madrid, no regresso à negociação nas praças do Reino Unido e Estados Unidos após o feriado e com dados económicos positivos na maior economia do mundo.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 subiu 0,63% para 6.103,12 pontos, com 14 títulos positivos, cinco negativos e um inalterado, concretamente o Banif, que fechou a cotar a 0,111 euros.  

Ainda no sector bancário, o BPI desceu 0,36% para 1,105 euros, enquanto o BCP somou 0,95% para 0,106 euros e o BES avançou 0,37% para 0,805 euros.

Entre as energéticas, “a EDP impulsionou o índice” ao subir 1,56%, para 2,541 euros, “ajudada pelas notas de ‘research’ do Bank of America Merrill Lynch, que adicionou a EDP à sua lista de ‘utilities’ preferidas e pela Société Générale, que elevou a recomendação de ‘vender’ para ‘manter’”, salienta Francisco Almeida, da Orey Financial. A EDP Renováveis fechou em alta de 1,6% para 4,186 euros, a Galp Energia progrediu 0,4% para 12,49 euros e a REN ganhou 0,68% para 2,237 euros.

A Sonae, destaca ainda, “foi a estrela da sessão” ao subir 4,84% para 0,78 euros, “após o Espírito Santo Investment Bank elevar a avaliação de ‘manter’ para ‘comprar’, e respectivo preço alvo de 0,75 euros para 0,95 euros”.

Na área de telecomunicações, Zon Multimédia e Sonaecom fecharam em terreno positivo, a subir 0,74% e 0,66%, respectivamente, para 3,526 euros e 1,67 euros, enquanto a Portugal Telecom deslizou 0,25% para 3,631 euros.

Em queda encerrou também a Jerónimo Martins, com uma desvalorização de 0,53% para 16,9 euros.

O Mais Lido