Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 sobe puxado pela Jerónimo Martins


 

Entre as congéneres da bolsa portuguesa, as subidas oscilaram entre 0,6% de Paris e 0,9% de Madrid, influenciadas pela evolução da produção na China, com os dados a mostrarem a primeira expansão em 13 meses, e ainda por resultados de empresas.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 valorizou 0,33% para 5.320,94 pontos, com nove títulos negativos, oito positivos e três inalterados, com REN, Banif e BES a fecharem a cotar a 1,99 euros, 0,13 euros e 0,755 euros, respectivamente. Ainda no sector financeiro, o BPI recuou 0,86% para 0,81 euros, o BCP perdeu 1,43% para 0,069 euros e o ESFG desceu 0,36% para 5,281 euros.

Entre as energéticas, a EDP fechou em queda de 0,31% para 1,954 euros, a EDP Renováveis deslizou 0,79% para 3,75 euros, enquanto a Galp Energia somou 0,36% para 12,42 euros.

Em alta, e com o maior contributo para a valorização do PSI 20, fechou a Jerónimo Martins, a progredir 2,26% para 14,5 euros.

Na área de tecnologia e telecomunicações, a Portugal Telecom foi a excepção ao terminar o dia a ganhar 0,24% para 3,689 euros, tendo Sonaecom e Zon Multimédia recuado 1,19% e 0,49%, respectivamente, para 1,413 euros e 2,62 euros.

Na sessão de hoje referência ainda para a Cofina, que protagonizou a maior valorização, ao avançar  8,17% para 0,437 euros.