Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 sobe pela terceira sessão com Sonae em destaque


 

Entre as congéneres da bolsa portuguesa, as valorizações oscilaram entre 0,16% de Londres e 0,35% de Madrid, num dia em que tanto o BCE como o Banco de Inglaterra decidiram manter as taxas de juro de referência inalteradas em 0,75% e 0,50%, respectivamente, mantendo a expectativa entre os investidores face ao desfecho das negociações sobre orçamento dos Estados Unidos.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 subiu 0,48% para 5.397,36 pontos, com 14 títulos positivos, cinco negativos e um inalterado, o BCP, que fechou a cotar a 0,073 euros.

Ainda no sector financeiro, o BPI subiu 0,84% para 0,843 euros, o Banif progrediu 1,65% para 0,123 euros, o ESFG avançou 0,09% para 5,295 euros, enquanto o BES terminou o dia a perder 0,84% para 0,823 euros.

Entre os títulos de tecnologia e telecomunicações, a Sonaecom desceu 1,61% para 1,466 euros, a Zon Multimédia recuou 2,43% para 2,816 euros e a Portugal Telecom desceu 0,17% para 3,57 euros.

O dia foi positivo para o sector energético, com a REN em alta de 0,05% para 1,994 euros, a Galp Energia a somar 0,17% para 11,86 euros, a EDP Renováveis a progredir 0,36% para 3,902 euros e a EDP a valorizar 0,83% para 2,054 euros, estando entre os títulos que mais contribuíram para a subida do índice. O mesmo aconteceu com a Jerónimo Martins, que subiu 1,05% para 14,5 euros.

Destaque ainda na sessão de hoje para a Sonae, que encerrou a sessão com um ganho de 6,49%, para 0,656 euros, liderando as valorizações no PSI 20.