Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 sobe em sintonia com Europa


Entre as congéneres da bolsa portuguesa, as valorizações oscilaram entre 1,04% de Londres e 2,83% de Madrid, influenciados pelo aumento superior ao esperado da confiança dos consumidores alemães e depois de responsáveis chineses terem acalmado os investidores sobre receios relacionados com a liquidez do sistema financeiro do país.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 subiu 1,75% para 5.525,23 pontos, com 17 títulos positivos e três negativos.

O sector energético foi dos que mais contribuiu para a subida do índice, com a EDP a somar 1,41% para 2,448 euros, a EDP Renováveis a progredir 2,99% para 3,75 euros, a Galp Energia a avançar 1,63% para 11,48 euros e a REN a ganhar 1,81% para 2,196 euros.

Na banca, o dia também foi maioritariamente de valorizações, tendo o BPI encerrado em alta de 2,2% para 0,931 euros, o BCP a subir 3,33% para 0,093 euros, o BES a progredir 3,19% para 0,646 euros, o Banif a ganhar 1,04% para 0,097 euros, enquanto o ESFG deslizou  0,19% para 5,2 euros.

Na área das telecomunicações, a Portugal Telecom fechou em queda, a perder 0,57% para 3,94 euros, tendo a Sonaecom e a Zon Multimédia subido 3,14% e 4,37%, respectivamente, para 1,575 euros e 3,58 euros.

Sessão positiva viveu também a Jerónimo Martins, que encerrou com uma valorização de 0,68% para 15,605 euros.

 

O Mais Lido